COLUNA GRANDE RECIFE

Coronavírus: e o policiamento nas ruas do Grande Recife?

Com vias desertas em toda Região Metropolitana, cresce a preocupação com a segurança

Felipe Vieira
Felipe Vieira
Publicado em 25/03/2020 às 15:54
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Devido a disseminação do novo Coronavírus, o governo mandou fechar todo o comércio. - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

Por Felipe Vieira, da coluna Grande Recife

Com as ruas dos municípios do Grande Recife cada vez mais vazias e o estado de paralisação da atividade econômica devido à pandemia do coronavírus, surge a óbvia preocupação com a violência. Nem tanto com roubos nas ruas - por motivos óbvios -, mas por invasões a residências e, principalmente, saques a estabelecimentos comerciais.

Já circulam nas redes sociais e pelos grupos de WhatsApp imagens que seriam de arrombamentos de mercados na Zona Norte. E seguem vivas na memória da população as cenas de barbárie com os saques ocorridos no município de Abreu e Lima durante a greve da Polícia Militar em maio de 2014.

Bobby Fabisak
Bobby Fabisak/JC Imagem 15-5-2014 - Greve da Polícia Militar de Pernambuco provoca uma onda de saques em lojas de eletrodomésticos e Mercadinhos no Município de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. ## - Bobby Fabisak

A coluna perguntou ao secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, qual é o esquema de policiamento para esses dias de quarentena. Ele afirma que, desde foram editados os decretos de restrições no Grande Recife, o patrulhamento aumentou. "O policiamento ordinário segue da mesma forma, sem redução. E ainda incorporamos, por exemplo, policiais que eram utilizados em jogos de futebol, na Patrulha Escolar e até na operação Lei Seca. Nem de longe há diminuição, só aumento".

Segundo ele, as forças de segurança estão sendo reforçadas para fiscalizar o cumprimento dos decretos que prevêem o fechamento do comércio, bares, restaurantes e shoppings.

Pádua afirma que observa redução no número de crimes contra o patrimônio (roubos), pelo fato de menos pessoas estarem circulando pelas ruas. "Solicitamos que a população preste suas queixas pela internet, mas as delegacias seguem funcionando".

Matéria em atualização

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem Data: 15-5-2014 Assunto: CIDADES - Greve da Polícia Militar de Pernambuco provoca uma onda de saques em lojas de eletrodomésticos e Mercadinhos no Município de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. ## - FOTO:BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem Data: 15-5-2014 Assunto: CIDADES - Greve da Polícia Militar de Pernambuco provoca uma onda de saques em lojas de eletrodomésticos e Mercadinhos no Município de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. ## - FOTO:BOBBY FABISAK/JC IMAGEM

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias