NOVA SIGLA

União Brasil: Onyx Lorenzoni tentou, sem sucesso, levantar bolsonarismo

Ministro de Bolsonaro tentou aprovar liberação para membros apoiarem candidatos em 2022

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 06/10/2021 às 15:41
CAROLINA ANTUNES/PR
TRABALHO Ministro é contra demissão por falta de vacina contra covid - FOTO: CAROLINA ANTUNES/PR
Leitura:

Onyx Lorenzoni sofreu o primeiro revés na primeira convenção da União Brasil, partido criado a partir da fusão do DEM com o PSL. Como conta o Blog do Noblat, o ministro do Trabalho e Previdência tentou sem sucesso aprovar, na primeira convenção da nova legenda, a liberação para que os integrantes possam apoiar Jair Bolsonaro, ou outro candidato, na eleição do próximo ano.

Como conta o jornalista, Luciano Bivar não somente negou, como reiterou que a União Brasil deverá lançar seu próprio candidato à presidência na eleição de 2022. 

As discussões sobre a escolha do candidato devem ser realizadas em breve. Até o momento, cogita-se a candidatura do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, do apresentador José Luiz Datena (que paralelamente conversa com Ciro Gomes) e de Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

Comentários

Últimas notícias