Redes sociais

Lula usa Cristiano Zanin para rebater Moro. 'Juiz parcial não tem lugar de fala'

Uma regra da política diz que não se deve responder a quem esteja em um nível inferior politicamente (aqui no caso, as pesquisas)

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 14/01/2022 às 15:23
Valeska Teixeira e Cristiano Zanin, advogados de Lula (Foto: Paulo Pinto/Agência PT)
Valeska Teixeira e Cristiano Zanin, advogados de Lula (Foto: Paulo Pinto/Agência PT)
Leitura:

Cristiano Zanin Martins, advogado de Lula, respondeu ao pedido de debate que Moro fez a Lula publicamente, nesta sexta-feira, depois de recusar um debate sugerido pelo grupo de advogados conhecido como Prerrogativas, de São Paulo, que condena os métodos da operação de Curitiba.

"O fato de Sérgio Moro acreditar, até hoje, que travou um embate com a defesa do presidente Lula já denota que ele estava errado o tempo todo: em postura, em alçada e em noção de Direito. O STF já encerrou esse debate: juiz parcial não tem lugar de fala", afirmou o advogado.

Lula apenas retweetou a resposta do advogado.

Comentários

Últimas notícias