segurança pública

Delegados podem entregar cargos de chefia em Pernambuco

Ano de eleições as pressões salariais são sempre intensificadas

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 01/02/2022 às 16:35
Leitura:

Nesta quarta-feira (2), às 18h, delegados de polícia de Pernambuco poderão entregar cargos de chefias de delegacias e em órgãos da Segurança Pública. O estado é o sexto no Brasil no ranking dos que melhor remuneram a categoria.

A decisão pode ser tomada em Assembleia Geral da categoria nesta data, liderada pela Associação de Delegados de Polícia (Adeppe), que está à frente da mobilização.

Os delegados de polícia reclamam que estão com salários congelados há quase quatro anos.

"A entrega dos cargos pode ocasionar a falta de delegados de polícia em todo o Estado", ameaçam.

Quanto ganha um delegado de polícia em Pernambuco? Veja ranking dos estados

O salário de um delegado de polícia, no Brasil, pode variar em aproximadamente 240%, a depender do estado onde a autoridade trabalha. Isso é o que mostra levantamento do Sindicato dos Delegados de Polícia de São Paulo (Sindpesp), publicado no Consultor Jurídico, sobre os salários da categoria. Confira aqui o ranking.

Pernambuco ocupa o sexto lugar no ranking dos estados que melhor remuneram. O início de carreira acontece como delegado substituto, com salário de R$ 9.069,81. Após três anos, o salário passa, automaticamente, para R$ 19.793,57.

TÂNIA REGO/AGÊNCIA BRASIL
Policia Civil - TÂNIA REGO/AGÊNCIA BRASIL

Enquanto isso, policiais civis de Pernambuco suspendem atividades investigativas em todo Estado

O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL-PE) organiza nesta quarta-feira (2) o "primeiro grande ato de advertência" em todo Estado. A movimentação foi definida na última assembleia da categoria e integra a Campanha Salarial e Funcional 2021/2022.

A decisão dos policiais civis de Pernambuco é de suspender as atividades investigativas em todo o Estado das 8h às 16h desta quarta-feira. Dessa forma, apenas funcionarão atividades administrativas, de medida protetiva de urgência por violência doméstica e de condução para audiências de custódia.

Comentários

Últimas notícias