Justiça

Deltan Dallagnol terá que pagar indenização a Lula, que faz ironia

A decisão foi do STJ, em torno daquela trapalhada com um powerpoint.

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 22/03/2022 às 17:50 | Atualizado em 22/03/2022 às 18:17
REPRODUÇÃO/TWITTER
LAVA JATO Supremo já deu causa ganha para Lula em caso do PowerPoint apresentado por Deltan - FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER
Leitura:

O site Jota, especializado em notícias jurídicas, informa que a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou nesta terça-feira (22/3), por quatro votos a um, o ex-coordenador da Lava Jato em Curitiba Deltan Dallagnol a indenizar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por danos morais. Lula pedia uma reparação de R$ 1 milhão, mas os ministros fixaram o valor em R$ 75 mil, a ser acrescido de correção monetária.

"A #EquipeLula achou um PowerPoint aqui...", ironizou Lula, nas redes sociais.

Lula, que havia perdido em instâncias anteriores, entrou com o pedido de indenização pelo uso de um powerpoint numa entrevista coletiva do Ministério Público Federal em 2016. Na época, Deltan utilizou o recurso para explicar a denúncia contra o ex-presidente no caso do triplex, a primeira contra o petista.

O ex-presidente fora tratado na ocasião como líder do esquema de corrupção e “maestro da organização criminosa”. No REsp 1842613, a defesa de Lula pediu a consideração de novos fatos, como a nulidade das decisões do juízo de Curitiba nas ações penais do tríplex, Atibaia e Instituto Lula e o reconhecimento da suspeição do ex-juiz Sérgio Moro, pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para o caso. Os advogados afirmam que tais fatos são relevantes para o desfecho da ação.

 

Comentários

Últimas notícias