RODOVIAS

Obras na BR-428 vão garantir escoamento da produção agroindustrial de Petrolina, diz Tarcísio de Freitas

Tarcísio de Freitas vistoriou intervenções no trecho entre a cidade e a capital pernambucana.

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 29/03/2022 às 9:00 | Atualizado em 29/03/2022 às 11:28
Foto: Jane de Araújo/Agência Senado
Foto: Jane de Araújo/Agência Senado
Leitura:

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse nesta segunda, após vistoriar as obras de duplicação da rodovia, que o transporte da produção agroindustrial da cidade de Petrolina (PE) e o enoturismo terão um impulso com a entrega das obras da BR-428/PE ainda em 2022.

Com 193,8 quilômetros de extensão, a BR-428/PE começa no trevo do Ibó/BA, com o entroncamento da BR-116/316, e segue até o entroncamento com a BR-407/PE, em Petrolina, cruzando os municípios pernambucanos de Belém do São Francisco, Cabrobó, Orocó, Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande.

Pela localização, a rodovia é importante ligação entre o interior e capitais de estados do Nordeste. O traçado da via acompanha o rio São Francisco em seus quase 200 quilômetros de extensão.

Com as águas do “Velho Chico”, são usadas técnicas de irrigação para a produção das uvas usadas na vinicultura e de mangas, entre outras frutas.

Segundo Tarcísio, o projeto envolve a duplicação de sete quilômetros da rodovia, facilitando a saída do município rumo a Recife, capital do estado.

“São mais de R 54 milhões de investimentos do Governo Federal, que vão fazer a diferença na vida das pessoas, diminuindo o tempo de viagem, o número de acidentes, e melhorando a logística”, afirmou.

 

Comentários

Últimas notícias