ELEIÇÕES 2022

André de Paula acena para Marília Arraes, mas garante apoio a Danilo Cabral

Presidente do PSD, André de Paula fez um gesto para Marília Arraes (SD), mas garantiu apoio a Danilo Cabral (PSB) na corrida pelo Governo de Pernambuco

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 18/04/2022 às 10:28
FOTO: THOMAS RAVELLY
Garanhuns fez encontro da Frente Popular e André de Paula apareceu o palanque - FOTO: FOTO: THOMAS RAVELLY
Leitura:

Presidente estadual do PSD, André de Paula fez um gesto para Marília Arraes (SD), pré-candidata ao Governo de Pernambuco, neste fim de semana. Apesar disso, garantiu apoio a Danilo Cabral (PSB) na corrida pelo Campo das Princesas e falou sobre a chance de sair candidato ao Senado pela Frente Popular.

"Admiro muito Marília [Arraes], é mais que uma colega, é uma amiga. Tem legitimidade para ter essa pretensão”, disse André de Paula, em entrevista concedida à Rede Pernambuco de Rádios. 

O deputado federal, porém, garantiu que permanece na Frente Popular, apesar do gesto feito à candidata adversária de Danilo Cabral. André de Paula disse estar na expectativa do anúncio do nome escolhido para concorrer ao Senado e, dessa forma, compor a chapa liderada pelo candidato de Paulo Câmara (PSB).

"Há uma expectativa que ele [Paulo Câmara] venha de público e complete a nossa chapa. Indicando quem será candidato ao Senado, quanto quem será o vice ou a vice com Danilo Cabral", pontuou o presidente do SD.

Para André de Paula, pesa o possível acordo entre Lula e Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD. Dessa forma, o deputado pernambucano, presidente estadual do partido, fica mais perto da vaga ao Senado. Além disso, há um acordo firmado com o PSB na eleição pela Prefeitura do Recife, em 2020, que previa o deputado se candidatando à Câmara Alta.

O problema, porém, é que o PT também exige do PSB a candidatura ao Senado pela Frente Popular. O partido indicou oficialmente o nome do deputado federal Carlos Veras, mas Teresa Leitão segue com chances de ficar com a indicação. Outra questão a ser resolvida é a recusa, de parte expressiva dos petistas, de fazer campanha para uma chapa com André de Paula candidato à Câmara Alta. 

Dirigente estadual do PSD, André de Paula disse ter andado pelo estado buscando o apoio das lideranças, e conversando com todos os partidos da Frente Popular. "Resolvido vai estar quando for anunciado oficialmente. Eu tenho de fato muita esperança que tudo isso esteja perto de acontecer. Estou muito feliz com o grau de adesão de toda a base da Frente Popular", pontuou.

O parlamentar acompanha a agenda do Plano Retomada do Governo do Estado, nessa volta das visitas pelos municípios para o anúncio de obras e investimentos, e também para a entrega do que foi anunciado anteriormente.

"Muitas obras estão em execução e ele [Paulo Câmara] tem vindo em cidades onde não viera antes, para fazer o anúncio de obras que são demandas antigas da comunidade, que o Governo agora, graças ao esforço feito, começa a atender", comentou André de Paula.

Comentários

Últimas notícias