PERNAMBUCO

Anderson Ferreira e Gilson Machado abraçam bolsonarismo em ato no Recife

Em ato realizado nesse domingo, 1 de maio, Anderson Ferreira (PL) e Gilson Machado (PL) abraçaram o movimento bolsonarista, impulsionado pela recente escalada do presidente Jair Bolsonaro (PL) contra o Supremo Tribunal Federal

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 02/05/2022 às 8:34 | Atualizado em 02/05/2022 às 8:37
Leandro de Santana/Divulgação
Anderson Ferreira, pré-candidato do PL ao Governo de Pernambuco, na manifestação bolsonarista do Dia do Trabalho no Recife - FOTO: Leandro de Santana/Divulgação
Leitura:

Em ato realizado nesse domingo, 1 de maio, Anderson Ferreira (PL) e Gilson Machado (PL) abraçaram o movimento bolsonarista, impulsionado pela recente escalada do presidente Jair Bolsonaro (PL) contra o Supremo Tribunal Federal. Os respectivos pré-candidatos do presidente ao Governo de Pernambuco e ao Senado foram recebidos por apoiadores do mandatário.

O ato de apoio ao presidente ocorreu na Avenida Boa Viagem, no Recife. Lá, o foco dos pré-candidatos foi demonstrar apoio à reeleição de Bolsonaro e criticar as gestões do PSB. Manifestantes, porém, demonstravam mais preocupação com questões ideológicas.

"O que vimos foi uma manifestação bonita e pacífica feita pelo povo de Pernambuco na praia de Boa Viagem, no Recife. Um ato resultante da profunda indignação desse povo para com o atual cenário econômico do nosso estado. Hoje, Pernambuco apresenta Recife como a capital do desemprego e ainda ocupa a liderança no ranking nacional dos estados com os maiores índices de pessoas sem carteira assinada. Isso precisa mudar", disse Anderson Ferreira.

Leandro de Santana/Divulgação
Anderson Ferreira e Gilson Machado em manifestação bolsonarista no Recife - Leandro de Santana/Divulgação

No ato foram contabilizados cinco trios elétricos e, num deles, reproduziu-se uma mensagem de áudio de Jair Bolsonaro. O presidente, na gravação, agradeceu o apoio dos pernambucanos presentes na manifestação.

A manifestação contou também com bonecos gigantes de Jair Bolsonaro, Michelle Bolsonaro, Anderson Ferreira e Gilson Machado. Eles caminharam em meio às bandeiras que pediam 'liberdade', fazendo coro à batalha reiniciada por Bolsonaro contra o STF após o caso Daniel Silveira (PTB-RJ).

Em meio ao público, cartazes repercutiam os ataques às demais instituições, além de pedir impeachment do ministro Alexandre de Moraes. Em contraste com o verde e amarelo, algumas peças estavam escritas em inglês

Comentários

Últimas notícias