POLÍTICA E RELIGIÃO

7 em cada 10 brasileiros são contra orientação de voto por líderes religiosos

Pesquisa eleitoral MDA/CNT mostra a opinião dos brasileiros acerca da manifestação política e orientação de voto por líderes religiosos

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 10/05/2022 às 12:52 | Atualizado em 10/05/2022 às 12:56
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Silas Malafaia é um dos que insistiram em reabrir igrejas no Brasil. - FOTO: Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Leitura:

A pesquisa eleitoral (veja aqui as mais recentes) da Confederação Nacional dos Transportes junto com a MDA mostra que a grande maioria dos brasileiros é contra a manifestação política de líderes religiosos e a orientação de voto por parte desse grupo.

De acordo com o levantamento, 78,6% dos entrevistados discordam da manifestação política ou orientação de voto por parte dos líderes religiosos, independentemente da religião. Enquanto isso, 18,3% concordam e 3,1% não soube ou não quis responder ao questionamento.

No formulário de pesquisa, consta-se que os entrevistados foram questionados com a seguinte pergunta: "O(A) sr.(a) concorda com a manifestação política de líderes religiosos, sugerindo a seus fiéis em quem votar?".

Além da análise sobre a influência dos líderes religiosos na eleição, a pesquisa eleitoral também mostra a intenção de voto para o primeiro turno da eleição presidencial, assim como o segundo turno.  

Para a pesquisa eleitoral de maio, a CNT/MDA  realizou 2.002 entrevistas telefônicas, entre os dias 4 e 7, com eleitores do Brasil com idade a partir de 16 anos. A margem de erro estimada é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos, com 95% de nível de confiança.

Comentários

Últimas notícias