guerra pelo santinho

Uma das funções de Teresa Leitão será reforçar imagem de Lula ao lado de Danilo Cabral e afastar Marília Arraes do ex-presidente

Ex-aliada de Marília Arraes em embates internos no PT, Teresa Leitão vai confrontar a neta de Arraes nestas eleições

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 15/05/2022 às 17:02 | Atualizado em 15/05/2022 às 17:27
Blog Imagem
Paulo Câmara, Teresa Leitão e Danilo Cabral, no evento do PT, neste domingo - FOTO: Blog Imagem
Leitura:

O nome da deputada estadual Teresa Leitão, do PT, foi vendido como a primeira mulher a virar senadora da República pelo Estado de Pernambuco, no evento do PT para chancelar seu nome na chapa da Frente Popular. O curioso na indicação é que Teresa Leitão, um nome histórico do PT, terá como um das suas funções na chapa justamente duelar com outra mulher, a ex-petista Marília Arraes, hoje no Solidariedade, pela associação com a imagem de Lula.

De acordo com informações de bastidores, a aposta que o PSB fez foi justamente apostar que o nome da deputada, amiga pessoal de Lula desde sempre, pudesse reforçar a ligação com o petista, no momento em que a neta de Arraes usa a mesma estratégia, para tirar votos de Danilo Cabral, no mesmo campo.

Ambas são mulheres, ambas tem o PT em comum, mas a campanha da Frente Popular vai destacar que ela tem muito mais historia ao lado de Lula do que a jovem hoje no Solidariedade. Tudo levando em conta a alta aprovação do ex-presidente Lula no Estado de Pernambuco. Com Danilo Cabral, a deputada do PT estadual, que abriu mão de uma eleição federal pela indicação, ela tem em comum a aposta no setor de educação.

Foi nesta mesma linha de trabalho que o PSB aceitou a imposição do PT para a vaga no Senado e quebrou a promessa que havia feito ao deputado federal André de Paula, do PSD, de ficar com a vaga do Senado nestas eleições. O partido foi orientado a largar a mão dele, pela esperada associação de sua atuação no Congresso com o o governo Bolsonaro.

Sem esse movimento, haveria o risco de os petistas abandonarem a chapa completa, prejudicando as chances de Danilo Cabral na cabeça de chapa. Agora, a narrativa deve recair sobre as costas de Marília Arraes, com quem André de Paula anuncia nesta segunda uma aliança eleitoral.

Comentários

Últimas notícias