ECONOMIA

Após aumento, Presidente da Câmara pede renuncia do presidente da Petrobras; saiba mais

O presidente da Câmara Arthur Lira vem criticando a presidência da Petrobras

Lorena Lins
Cadastrado por
Lorena Lins
Publicado em 17/06/2022 às 14:30
PAULO SÉRGIO/CÂMARA DOS DEPUTADOS
EMBATE Arthur Lira publicou, no Twitter, crítica em tom de ameaça à estatal quanto à política de preços - FOTO: PAULO SÉRGIO/CÂMARA DOS DEPUTADOS
Leitura:

 

O presidente da Câmara dos deputados, Arthur Lira, declarou, por meio das suas redes sociais, que o atual presidente da Petrobrás, José de Moura Ferreira Coelho, deve renunciar imediatamente o seu cargo, logo após a notícia de reajuste no preço dos produtos da empresa.

“O presidente da Petrobrás tem que renunciar imediatamente. Não por vontade pessoal minha, mas porque não representa o acionista majoritário da empresa – o Brasil – e pior, trabalha sistematicamente contra o povo brasileiro na pior crise do país” publicou Lira em seu Twitter.

Segundo a metrópoles, o presidente da estatal se encontra com pouco mais de dois meses de mandato. Ele havia substituído o general Silva e Luna no cargo, retirado do posto depois de ignorar vários pedidos do governo para não subir o preço da gasolina e óleo diesel.

Além de Lira, o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), também pelo twitter, criticou o reajuste feito pela Petrobras, afirmando que a instituição está de "Deboche".

 

Por outro lado, segundo o conselho da Petrobrás, a decisão de reajuste foi tomada pois os preços estão abaixo do mercado internacional.

Comentários

Últimas notícias