ECONOMIA

Nova CPI? Após aumento, Bolsonaro defende investigação a Petrobras; saiba mais

Presidente crítica o conselho da Petrobras e defende CPI contra a empresa

Lorena Lins
Cadastrado por
Lorena Lins
Publicado em 17/06/2022 às 16:12 | Atualizado em 17/06/2022 às 16:25
ISAC NOBREGA/PR
Presidente Jair Bolsonaro (PL) - FOTO: ISAC NOBREGA/PR
Leitura:

Nesta sexta-feira (17), o presidente Bolsonaro (PL) anunciou ter conversado com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), sobre criar uma CPI para a Petrobrás. A medida pretendida veio à tona após a divulgação do aumento divulgado hoje.

Segundo Bolsonaro, o presidente da câmara irá sugerir aos líderes partidários a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os conselheiros e os diretores da estatal.

Na última semana, Bolsonaro tentou convencer a Petrobrás a manter os valores dos combustíveis, para que a redução de impostos reflita no bolso do consumidor. O presidente afirmou que um novo reajuste no momento seria “maldade com o povo”.

No momento, o presidente está em Natal para continuar sua campanha, um dia após a presença do ex-presidente Lula na cidade.

Em entrevista à Rádio 96 FM de Natal, Jair Bolsonaro declarou: "Nossa ideia é propor uma CPI para investigar a Petrobrás, seus diretores e os membros do Conselho. Queremos saber se tem algo errado nessa conduta deles, porque não é possível conceder um reajuste com o combustível lá em cima e com os lucros exorbitantes".

Em nota, a Petrobrás se manifestou sobre a situação: "Quando há uma mudança estrutural no patamar de preços globais, é necessário que a Petrobras busque a convergência com os preços de mercado" explicou a estatal.

Comentários

Últimas notícias