ELEIÇÕES 2022

Adversário procura Bolsonaro e faz pedido inusitado para campanha, diz colunista

De acordo com o colunista Guilherme Amado (Metrópoles), Jair Bolsonaro (PL) recebeu um pedido inusitado de um adversário

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 20/06/2022 às 12:04 | Atualizado em 20/06/2022 às 12:07
Isac Nóbrega/PR
Presidente Jair Bolsonaro (PL) - FOTO: Isac Nóbrega/PR
Leitura:

De acordo com o colunista Guilherme Amado (Metrópoles), Jair Bolsonaro (PL) recebeu um pedido inusitado de um adversário. Pablo Marçal, pré-candidato pelo PROS, teria feito uma demanda ao presidente, através de interlocutor aliado.

Pablo teria pedido para não ser alvo de ataques por parte do presidente. O coach motivacional teria avaliado que, diante do seu sucesso, Bolsonaro estaria mirando as armas na sua campanha, esquecendo de Lula (PT). Marçal possui 0,8% de intenção de voto, segundo o último levantamento do Paraná Pesquisas.

Segundo o colunista, Bolsonaro teria questionado quem é Pablo Marçal, pois desconhecia a existência de seu adversário. Mas, ao ser informado de quem se trata, teria garantido não fazer ataques ao colega, que também ocupa o campo da direita.

Pablo Marçal é coach motivacional e ficou 'famoso' por ter se perdido, junto com um grupo de dezenas de 'alunos', na Serra da Mantiqueira. Ele, que não é guia, precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros. Uma autoridade, na ocasião, fez críticas ao influenciador digital, afirmando que sua atitude foi irresponsável.

"Um ‘coach’ irresponsável fanfarrão coloca 60 pessoas para subir o Pico do Marins debaixo de chuva. Sem conhecimento técnico, sem suporte adequado, sem estrutura, porque, segundo ele, ‘é tudo emocional’. PS: respeito profundamente quem exerce adequadamente a profissão de coach, que definitivamente não é o caso desse indivíduo", comentou o militar.

Comentários

Últimas notícias