OPERAÇÃO ACESSO PAGO

Bolsonaro sabia do esquema no MEC? Saiba o que disse o ex-ministro preso

O ex-ministro é alvo de investigação por esquemas de corrupção no MEC

Natan Júnior
Cadastrado por
Natan Júnior
Publicado em 22/06/2022 às 15:38 | Atualizado em 22/06/2022 às 15:42
LUIS FORTES/MEC
Ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, preso por suspeita de corrupção, foi solto nesta quinta (23) - FOTO: LUIS FORTES/MEC
Leitura:

Preso pela Polícia Federal na Operação “Acesso Pago” nesta quarta-feira (22/06), o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro disse que cumpria ordens do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Segundo publicação de Guilherme Amado, do site Metrópoles, em março deste ano, Milton Ribeiro disse em depoimento à PF que apenas obedecia ordens do presidente.

O ex-ministro disse aos agentes, que de fato, Bolsonaro pedia que fizesse os repasses para os municípios indicados pelos pastores Gilmar Silva e Arilton Moura, os mesmos que foram presos hoje.

Recentemente um áudio onde Milton Ribeiro afirma priorizar repasses da Educação a determinadas prefeituras ganhou os noticiários. O mesmo nega irregularidades, assim como o envolvimento de Bolsonaro.

Segundo matéria, após muita pressão do Centrão, o ex-ministro Milton Ribeiro foi exonerado de seu cargo em março deste ano.

A prisão de Milton Ribeiro e dos pastores ocorreu por suspeitas de desvios no Ministério da Educação e liberação de verbas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Comentários

Últimas notícias