Eleições 2022

Palanque de Raquel Lyra junta de ex-psol a ex-moristas

Raquel Lyra, flertando com o conservadorismo, tem até um jingle citando que foi delegada da Polícia Federal

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 01/08/2022 às 10:12 | Atualizado em 01/08/2022 às 15:41
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
POLÍTICA Lucinha Mota discursa em convenção de Raquel Lyra, no Recife - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

O PSDB informou um público de cerca de 8 mil pessoas e uma ampla frente política, formada por prefeitos, vice-prefeitos, deputados, vereadores e lideranças de todas as regiões do estado, no sábado (30), na convenção do PSDB e Cidadania no Clube Português do Recife, no Bairro das Graças.

O que chamou a atenção também foi o amplo espectro dos apoiamentos. No mesmo palanque, Raquel Lyra uniu ex-PSOL, como a suplente de vereadora Lucinha Mota, de Petrolina, e ex-moristas, como a ex-candidata do Podemos no Recife, Patrícia Domingos.

"Eu perdi minha vida, perdi minhas forças, o meu corpo definhou. Mas eu resolvi levantar [...] Enfrentei o sistema desse governo de Paulo Câmara e disse: 'ela não vai ser mais uma para as estatísticas desse ranking que Pernambuco está hoje'. Nosso estado é o terceiro que mais mata", discursou Lucinha.

Patrícia Domingos usou o discurso para repetir que foi retirada da delegacia de combate à corrupção e acusou Paulo Câmara pela suposta maquinação, com a ajuda dos deputados estaduais, que aprovaram a criação da Draco, que veio a substituir a especializada inicial.

“A delegada que botou político bandido na cadeia vai voltar, através da política. Se na polícia não deixaram mais que eu continuasse combatendo a corrupção, eu vou continuar na política” discursou.

“O povo que se revoltou contra o fechamento da delegacia vai trazer a sua delegada de volta. Se antes a gente incomodava sem querer, agora a gente vai incomodar de propósito”, falou a Delegada Patrícia.

"O ato consolida a força da candidatura de Raquel Lyra ao Governo de Pernambuco, ao lado da deputada estadual Priscila Krause (Cidadania), como vice, e do ex-deputado federal Guilherme Coelho, como candidato ao Senado", comemorou o partido.

Armando Monteiro

O ex-senador Armando Monteiro bateu no PSB, claro.

"O governo do PSB não serve aos pernambucanos e que a candidatura de Raquel, Priscila e Guilherme representa um novo momento para o estado. Pernambuco amadureceu e vai viver esse novo tempo e estará em boas mãos. Nossa chapa é a melhor porque tem o rosto de todos os pernambucanos. Vamos à vitória!”

Roberto Freire

“Estou aqui representando a Federação, que tem Cidadania e PSDB, do presidente nacional Bruno Araújo juntos pra apresentar o melhor projeto para Pernambuco. Bruno e eu temos a felicidade de apresentar Raquel e Priscila e vamos dar o nosso máximo”, afirmou o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire.

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Daniel Coelho na convenção do PSDB e Cidadania oficializou candidatura de Raquel Lyra ao Governo de Pernambuco - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM

Daniel Coelho

"A eleição é sobre o cidadão que está cansado desse desgoverno. Eu, junto com Raquel, Priscila e Guilherme, vamos estar nos quatro cantos de Pernambuco mostrando como cuidar de gente", disse o candidato a deputado federal, Daniel Coelho.

PSDB/Divulgação
O aliado Alvaro Porto bateu nos concorrentes de Raquel Lyra - PSDB/Divulgação

Alvaro Porto

O deputado estadual Álvaro Porto afirmou que “Pernambuco não tem uma candidatura tão firme quanto a de Raquel Lyra, que representa a verdadeira mudança. Nosso estado não está mais no PSB. Essa energia que lota o Clube Português anuncia a verdadeira mudança.”

Rodrigo Pinheiro

O prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro, se declarou esperançoso.  “Esse é um momento importante nessa chapa que será vencedora. As regiões Sertão, Agreste, Zona da Mata e Metropolitana estão unidas por um povo só. Hoje Pernambuco começa a escrever uma nova história.

Comentários

Últimas notícias