CAMPANHA

Em ato com oração, Lula usa bandeira do Brasil para atacar Bolsonaro

Ex-presidente usou elementos comumente relacionados a Bolsonaro

Rodrigo Fernandes
Cadastrado por
Rodrigo Fernandes
Publicado em 04/08/2022 às 10:14
Ricardo Stuckert/Divulgação
Bandeiras gigantes do Brasil e do Piauí foram usadas por militantes em ato de Lula - FOTO: Ricardo Stuckert/Divulgação
Leitura:

Apoiadores do ex-presidente Lula (PT) têm usado artifícios comumente associados a Bolsonaro durante atos para se desvencilhar da militância exclusivamente vermelha. Isso foi visto durante evento realizado em Teresina, no Piauí, na noite da última quarta-feira (3).

O ato político estava recheado de bandeiras nas cores verde e amarela, e houve um momento de oração. O evento foi realizado na Arena do Povo e reuniu cerca de 40 mil pessoas.

Segundo a Folha de São Paulo, Lula se emocionou ao ver os militantes estendendo uma grande bandeira do Brasil durante a reprodução do Hino Nacional. A bandeira do Piauí também foi usada no momento.

“Eu vou contar uma coisa que vocês fizeram aqui que me fez derramar lágrimas. O povo do Piauí hoje deu uma demonstração de grandeza porque vocês recuperaram a bandeira nacional para o povo brasileiro Vocês recuperaram a bandeira nacional para o povo brasileiro”, disse o petista.

Ele aproveitou o momento para atacar Bolsonaro.

“[O uso da bandeira] demonstra que nós não vamos permitir que o genocida que está lá em Brasília se apodere da bandeira brasileira, porque a bandeira é do povo brasileiro”, concluiu o ex-presidente.

Ao final do discurso de Lula, o ex-governador e candidato ao Senado Wellington Dias, do Partido dos Trabalhadores, pegou o microfone e iniciou um Pai Nosso.

Lula acompanhou a oração no palco, com as mãos erguidas para o alto.

Durante visita a Pernambuco, em julho, a bandeira do Brasil também foi exibida no palco junto ao presidente, sendo estendida por Geraldo Alcmkin, Danilo Cabral e Teresa Leitão.

RICARDO STUCKERT
Lula em Garanhuns, Agreste de Pernambuco, nesta quarta-feira (20) - RICARDO STUCKERT

Comentários

Últimas notícias