CORRIDA PRESIDENCIAL

ELEIÇÕES 2022: quem tem maior bloco partidário, Lula ou Bolsonaro? Descubra

Próximo do fim das convenções partidárias, veja quem dos principais candidatos à presidência possui maior apoio dos partidos nessas eleições.

Cynara Maíra
Cadastrado por
Cynara Maíra
Publicado em 05/08/2022 às 8:56
RICARDO STUCKERT E ISAC NÓBREGA/PR
Os dois principais candidatos para as eleições presidenciais de 2022 são Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL) - FOTO: RICARDO STUCKERT E ISAC NÓBREGA/PR
Leitura:

Esta sexta-feira (5) termina o prazo para o período de convenções partidárias, eventos que oficializam a escolha ou apoio de candidatos por um partido.

Ao fim desse prazo, percebe-se que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conquistou o maior bloco partidário da disputa presidencial de 2022. O apoio de partidos é fundamental para conseguir maior tempo de propaganda eleitoral, um aumento do valor de fundo eleitoral disponível para o candidato e a facilidade de buscar votos dentro dos Estados

Lula conseguiu o apoio de sete partidos além do seu próprio. O presidente Jair Bolsonaro (PL) possui a segunda maior aliança, mas com apenas dois partidos, fora o PL. 

Além do Partido dos Trabalhadores, os partidos PSB, Solidariedade, PSOL, Rede, Avante, PCdoB e PV apoiam Lula nessas eleições. Com um total de 130 deputados federais, 12 senadores e 8 governadores eleitos em 2018, esse alto contingente dá ao candidato petista 3 minutos e 16 segundos de tempo em um bloco eleitoral de 12 minutos e 30 segundos. Cerca de 26% do total.

Lula também conseguiu fazer aliança com o PROS, porém o acordo depende de uma disputa judicial entre duas alas do partido que brigam pela liderança da sigla. Caso o problema seja resolvido, soma-se ao apoio de Lula mais 8 deputados federais e um senador. Alguns políticos do MDB, PSD e PDT fazem divergência com seus partidos para endossar o petista. 

Fora o Partido Liberal, o presidente Bolsonaro tem apoio do Progressistas e o Republicanos. Esse grupo une 101 deputados federais, 7 senadores e 1 governador eleitos em 2018. Tal valor dá ao líder do Executivo 2 minutos e 40 segundos de tempo eleitoral em um bloco. Cerca de 21% do tempo total.  

Comentários

Últimas notícias