VETOS

Por que a Alerj vetou homenagem a Ludmilla e medalha a Emicida?

Artistas tiveram homenagens vetadas após votação

Imagem do autor
Cadastrado por

Rodrigo Fernandes

Publicado em 16/02/2023 às 11:25
Notícia
X

Os cantores Ludmilla e Emicida tiveram propostas de homenagens vetadas na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

No caso da funkeira carioca, a proposta da deputada Enfermeira Rejane (PCdoB) era conceder a honraria de Cidadania, Direito e Respeito à Diversidade.

Já o rapper paulista seria agraciado com a medalha Tiradentes, maior honraria da Casa, sob proposição de Renata Souza (PSOL).

Ludmilla Alerj

As homenagens foram barradas por políticos de oposição à esquerda. Sobre Ludmilla, a justificativa foi de que as músicas da artista fazem apologia às drogas. Ao todo, foram 24 votos contrários, 17 a favor e 13 abstenções.

Segundo o g1, o deputado Alan Alves (PL), leu a música "Verdinha" para justificar o voto contrário. Já Thiago Gagliasso, também do Partido Liberal, sugeriu que a cantora fizesse mais coisas pela comunidade para ter direito à honraria.

Contra Emicida, a justificativa dos parlamentares foi de que ele critica a atuação das polícias em suas letras.

Votos a favor

A deputada Renata Souza defendeu o funk como expressão de uma realidade nua e crua das favelas do Rio de Janeiro. "O que essa trupe reaça quer é inviabilizar a cultura preta e favelada", disse a parlamentar.

NETFLIX/LABORATÓRIO FANTASMA/DIVULGAÇÃO
Emicida. - NETFLIX/LABORATÓRIO FANTASMA/DIVULGAÇÃO

A deputada Verônica Lima (PT) ressaltou que são dois artistas negros tendo honrarias negadas pela Casa Legislativa. "Fica a reflexão… por que sempre tem uma desculpa para diminuir as nossas trajetórias e a nossa relevância? Por que pra nós é sempre mais difícil?, escreveu nas redes sociais.

Reconhecimento

Ludmilla compartilhou o post da deputada Verônica, afirmando que a relevância do seu trabalho é grande, e que foi reconhecido por meio do Grammy que recebeu em novembro de 2022.

"É uma pena que a Assembleia Legislativa do meu Estado não reconheça o meu trabalho e luta, paciência. E à deputada Verônica, meu agradecimento por respeitar a mim e a minha arte, por tentar fazer com que as pessoas entendam a realidade da maior parte da população do RJ", desabafou a artista.

GRAMMY LATINO 2022: LUDMILLA ganha seu primeiro prêmio com 'NUMANICE 2'

Tags

Autor