benefícios sociais

Pensionistas e beneficiários do INSS vão receber um 13º salário extra? É falso

Governo federal diz que pagamento, antecipado este ano, foi feito em duas parcelas: uma em maio e outra em junho

Imagem do autor
Cadastrado por

Jamildo Melo

Publicado em 15/09/2023 às 10:47 | Atualizado em 15/09/2023 às 10:51
Notícia
X

Peças de desinformação nas redes de zap estão divulgando um falso pagamento extra de benefícios sociais. Ocorre que os repasses do abono anual foram realizados em maio e junho, de acordo com o calendário do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). O investimento federal nesse período totalizou R$ 62,7 bilhões. "Não há renda extra a ser incrementada no pagamento de beneficiários e pensionistas do INSS este ano", se apressa em explicar o governo Federal, que chegou a criar uma página especial para combater as Fake News.

De acordo com a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, o INSS informou que não há previsão de pagamento extra a segurados no restante deste ano. "O abono é usualmente pago no segundo semestre de cada ano, em agosto e novembro. A antecipação do benefício alcança todos os estados brasileiros e representa uma injeção significativa de recursos nos mercados locais".

Ao todo, 32,5 milhões de beneficiários receberam o repasse em duas parcelas. Têm direito ao 13º salário os segurados e dependentes da Previdência Social que, durante o ano de 2023, tenham recebido auxílio por incapacidade temporária, auxílio-acidente, aposentadoria, pensão por morte ou auxílio-reclusão.

"A antecipação do 13º salário dos beneficiários e pensionistas não constitui uma renda extra para os atendidos pelo INSS. Trata-se apenas de um adiantamento de um direito ao qual eles têm uma vez ao ano. O INSS comunica adiantamentos e pagamentos pelos seus canais oficiais: tanto no site quando no aplicativo do Meu INSS".

Tags

Autor