golpe

Após operação, PF tem provas de que Bolsonaro orquestrou tentativa de golpe, diz site

Operação realizada na última quinta-feira prendeu aliados próximos de Bolsonaro e fez buscas contra ex-ministros

Imagem do autor
Cadastrado por

Rodrigo Fernandes

Publicado em 09/02/2024 às 10:35
Notícia
X

De acordo com o UOL, a Polícia Federal considera que foi confirmada a participação de Jair Bolsonaro como líder da tentativa de golpe ocorrida após as Eleições 2022, em que Lula foi eleito para o terceiro mandato.

Segundo a reportagem, a PF entende que as provas colhidas na operação de ontem, que resultou na prisão de aliados do ex-presidente, são suficientes para confirmar a presença de Jair no esquema.

A corporação também avalia que essas revelações estão levando as investigações para perto do fim. 

Para os investigadores, as provas expostas na operação confirmam os depoimentos da delação de Mauro Cid e colocam Jair Bolsonaro no topo da cadeia que tramava o suposto golpe.

Ao final do inquérito, a Polícia Federal encaminhará os indiciamentos dos investigados para a PGR, que por sua vez encaminhará as denúncias ao ministro relator do caso no Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes.

Caso Moraes acolha as denúncias, os denunciados se tornarão réus por tentativa de abolição do Estado democrático de direito e golpe de Estado. A pena é de oito a doze anos. Eles também poderão responder por associação criminosa, cuja pena é de até três anos.

Tags

Autor