Mercado em alta higiene bucal no país

Fernando Castilho
Fernando Castilho
Publicado em 07/03/2012 às 21:00
Leitura:
Até pouco tempo, o Brasil era conhecido como a terra dos desdentados, mas, nunca se gastou tanto em higiene bucal no país como agora. Somos hoje o segundo maior mercado de cuidados bucais do planeta com 9% de market share.Dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) apontam que esta indústria movimentou em 2009 R$ 2,2 bilhões (crescimento de 17,54% em relação ao ano anterior) e as perspectivas de 2011 eram de fechamento do ano com R$ 3 bilhões, um aumento de 20% comparado a 2010.O setor está crescendo em virtude de uma mudança de postura da classe média, que passou a comprar mais produtos, além da escova e do creme dental, e investindo em atendimentos, o que beneficia também os profissionais da área.Por isto, a questão da saúde e higiene bucal será foco de discussão no Recife de 12 a 15 de abril, no Centro de Convenções, durante o 21º Congresso Pernambucano de Odontologia - Copeo (http://www.copeo.com.br), que abrirá discussão sobre novidades tecnológicas e científicas, cursos e palestras de diversos temas e feira com novidades em produtos e equipamentos.O evento, presidido por Fernando Tavares, espera atrair um público de seis mil pessoas para discussões sobre o que de mais moderno existe na prática clínica e profissional dos cirurgiões dentistas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias