Smartphone é o eletrônico mais desejado pelos jovens da periferia, aponta pesquisa

Publicado em 19/03/2013 às 22:00
Leitura:
Pesquisa realizada entre setembro e dezembro de 2012 avaliou o comportamento e os sonhos de consumo de equipamentos eletrônicos dos jovens (15 a 24 anos) moradores de bairros da periferia urbana da Grande São Paulo. Durante quatro meses, foram levantadas informações qualitativas por meio de entrevistas individuais e grupos focais que indicaram que a aquisição de equipamentos eletrônicos é uma das grandes prioridades dos jovens da periferia, junto com formação universitária e busca de uma carreira profissional. “Estes resultados foram coerentes com outros estudos realizados anteriormente, pois mostraram que os jovens moradores da periferia desejam ter profissões que gerem recursos para adquirir produtos e serviços relevantes para as suas vidas. Em outras palavras, os jovens da periferia desejam participar da sociedade do consumo tanto como trabalhadores quanto como consumidores”, afirma Andrea Costtanzi, diretora da empresa Di Capire, especializada em pesquisa de mercado, que realizou este trabalho. De acordo com o estudo, se pudessem, os jovens teriam todos os aparelhos eletrônicos possíveis, mas como os recursos são limitados eles acabam priorizando a aquisição de acordo com o seu estilo de vida. No entanto, os smartphones são a prioridade de aquisição da maioria dos jovens da periferia hoje.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias