Taxas de inadimplência do sistema financeiro em 2013 tem o menor patamar da série histórica

Publicado em 29/01/2014 às 20:00
Leitura:
A inadimplência do sistema financeiro, referente a operações com atrasos superiores a noventa dias, recuou 0,1 p.p. no mês, situando-se em 3%, o menor patamar da série histórica iniciada em março de 2011. O indicador refletiu as quedas de 0,1 p.p. nos segmentos de pessoas jurídicas e de pessoas físicas, que alcançaram 1,8% e 4,4%, respectivamente. Nas operações com recursos livres e com recursos direcionados, o indicador alcançou 4,8% e 0,9%, na ordem. O spread bancário das operações de crédito, consideradas as operações com recursos livres e direcionados, alcançou 11,1 p.p., após decrescer 0,4 p.p. no mês e na variação interanual. Os spreads relativos aos segmentos de pessoas jurídicas e físicas corresponderam a 6,9 p.p. e 16,4 p.p., respectivamente. Nos empréstimos às famílias, a taxa média de juros atingiu 25,6%, após redução de 0,5 p.p. no mês e elevação de 1,3 p.p. no ano. Nas operações com recursos livres, a taxa média situou-se em 38%, ao diminuir 0,5 p.p. no mês, refletindo o decréscimo de 0,4 p.p. nos créditos pessoais. No segmento com recursos direcionados, a taxa média permaneceu em 7,3%. A taxa média de juros das operações de crédito do sistema financeiro, consideradas as operações com recursos livres e direcionados, alcançou 19,7% em dezembro, após recuo de 0,3 p.p. no mês e elevação de 1,7 p.p. no ano. No crédito com recursos livres, a taxa média situou-se em 29%, com recuo mensal de 0,4 p.p. e crescimento de 3,7 p.p. em relação a dezembro de 2012. No crédito direcionado, o custo médio situou-se em 7,5%, após manter-se estável em relação a novembro e elevar-se 0,5 p.p. em doze meses. Nos créditos às empresas, o custo médio recuou 0,1 p.p. no mês e subiu 1,8 p.p. em relação a dezembro de 2012, situando-se em 15,1%. As operações com recursos livres apresentaram taxa média de juros de 21,4%, após declínio de 0,1 p.p. no mês e alta de 3,4 p.p., enquanto nas operações com recursos direcionados, a taxa média alcançou 7,7%, assinalando elevações de 0,1 p.p. no mês e 0,5 p.p. em doze meses.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias