Pandolfi deixa a Secretaria de Finanças da PCR

Publicado em 13/02/2015 às 12:51
Leitura:
Por Fernando Castilho O secretário de Finanças do Recife, Roberto Pandolfi entregou na manhã de hoje pela manhã seu pedido de exoneração do cargo. Ele considera que após dois anos concluiu sua colaboração a gestão do prefeito e por isso decidiu cuidar de sua saúde e dos negócios. Após exames médicos este mês Pandolfi recebeu a recomendação da necessidade de cuidar mais da saúde e emagrecer. As recomendações apressaram decisão do secretário que já avisara a Geraldo Julio que julgava ter terminado pacote de ações de desenhou quando voltou para a pasta em 2013. Na última quinta-feira ele se reuniu com a equipe e avisou que estava deixando a pasta. Como não nomeou ninguém de fora dos quadros da PCR disse que poderia sugerir qualquer um da equipe de gestores da equipe poderia lhe substituir no cargo. Na verdade esta foi uma das marcas de Pandolfi. Ele costuma de dizer antes de assumir não conhecia nenhum dos gestores pessoalmente e que os indicou para ops cargos pelo desempenho que eles já tinham demonstrada nas suas áreas. Ele também considerou que concluído o processo de aprovação da pela Câmara Municipal já poderia se afastar em definitivo. O secretário negociou com a bancada os termos da aprovação da nova empresa de cobranças de recebíveis da PCR, Companhia Recife de Desenvolvimento e Mobilização de Ativos (Recda). Roberto Pandolfi já tinha sido secretário de Finanças da PCR na gestão de Jarbas Vasconcelos. Ele é produto de frutas no Vale do São Francisco com negócios na área de exportação de mangas inclusive para o Japão.  

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias