Cenário econômico em Pernambuco, no Brasil e no Mundo, por Fernando Castilho

JC Negócios

Por Fernando Castilho
castilho@jc.com.br

Informação e análise econômica, negócios e mercados

Dinheiro mais caro com volta do IOF

Publicado em 27/11/2020 às 2:00
ARTES JC
JC-ECO1127_ECONEGOa-01 - FOTO: ARTES JC
Leitura:

A partir hoje a alíquota zero no IOF, que estava prevista para vigorar até 31 de dezembro por causa da pandemia, será mais um custo que os contribuintes terão que arcar. O IOF será cobrado nas operações relacionadas na tabela acima, quando o tomador for pessoa jurídica (0,0041% ao dia) e quando for pessoa física (0,0082% ao dia). A Explicação é que, devido ao apagão de Roraima, o governo terá que indenizar as distribuidoras pela decisão de isentar a cobrança no mês de novembro.

Comentários

Últimas notícias