Cenário econômico em Pernambuco, no Brasil e no Mundo, por Fernando Castilho

JC Negócios

Por Fernando Castilho
[email protected]

Informação e análise econômica, negócios e mercados

Coluna JC Negócios

O prejuízo que a violência impõe a economia brasileira com 50 mil mortos, 830 mil presos e 75 mil estupros

População negra é que mais morre e a que mais está na prisão. Violência movimenta um setor de segurança de R$ 125 bilhões no Brasil.

Fernando Castilho
Cadastrado por
Fernando Castilho
Publicado em 21/07/2023 às 0:05
G. DETTMAR/CNJ
Sem melhorias nas unidades prisionais, detentos continuam ocupando espaços improvisados e sem estrutura básica - FOTO: G. DETTMAR/CNJ

A publicação do Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2023 que se baseia em informações fornecidas pelas secretarias de segurança pública estaduais, pelas polícias civis, militares e federais, entre outras fontes oficiais da Segurança Pública é, certamente, um espetacular banco de dados e informações para economistas, analistas financeiros, seguradoras, gestores de risco e consultores de planejamento econômico.

Aos que se surpreendem com a idéia de interesses de tanta gente da área econômica recomenda-se ler o sumário que o documento de 360 páginas, 111 tabelas 83 gráficos e 16 textos explicativos.

Está lá: quase um milhão (999.223) de roubos de celulares; 200 mil registros de fraude eletrônica e 47.508 assassinatos, 76,5% perpetrados com ao menos uma arma de fogo. Para se ter uma idéia do que essas mortes representam. Em 2022 morreram o equivalente a metade das vitimas da Ucrânia na Guerra contra a Russia e quase o número de mortos americanos em toda a guerra do Vietnã. Violência custa caro em qualquer lugar do mundo.

Quando se ler o perfil dos mortos está revelado que quase 80% (76,9%) são negros um percentual semelhante à população negra encarcerada (68,2%) de um total de 832.295 presos num sistema que só cabe 230 mil pessoas a menos. Isso tem a ver com 780 mil pessoas com armas legais.

Mas a tragédia social está no quadro etário dos mortos: Mais da metade (50,2%) tinham idades entre 12 e 29 anos sendo quase 92% homens. Dito de outra forma: perdemos 25 mil jovens que estavam na idade teoricamente mais produtiva. E colocamos na prisão 521.016 (62,6%) de jovens com idade entre 18 e 34 anos. A polícia matou 6.430 das vitimas fatais e as corporações perderam 173 policiais.

Isso quer dizer prejuízo econômico, peso na Previdência Social com pensões, indenizações auxilio reclusão e custo de assistência médica e psicológica além de condenação das famílias à menor geração de renda.

Esse prejuízo não é menor ou menos importante dos que a tragédia dos 75 mil estupros relatados 68,3% dentro das casas da vitimas onde estão dois terços dos abusadores das crianças com idades até 13 anos ou das 22.527 crianças e adolescentes vítimas de maus tratos, mas dá uma idéia de como a violência tem implicações econômicas além da social. Isso gera um negócio bilionário que emprega 485.073 pessoas que não precisaria ser tão grande. Até porque não faz sentido o país gastar 125 bilhões (1,26%) do PIB com despesa de baixa qualidade e eficiência discutível.

Transnordestina

Apoiada no termo aditivo firmado pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), em dezembro de 2022 e que foi aprovado pelo Tribunal de Contas da União, a Transnordestina Logística S.A. TLSA solicitou à SUDENE o pagamento da última parcela referente ao financiamento, no valor de R$ 811 milhões. Este desembolso havia sido suspenso pelos órgãos de controle em 2029. Com a retomada do projeto, está em discussão o pagamento da referida parcela para o projeto que foi dividido em duas fases, sendo a fase 1 de São Miguel do Fidalgo, no estado do Piauí, até o Porto de Pecém, no estado do Ceará, e a fase 2, de São Miguel do Fidalgo até Eliseu Martins (PI).

Ramal Suape

Até agora, a Sudene, através do FDNE (Fundo de Desenvolvimento do Nordeste), já liberou para a empresa R$ 3 bilhões à Transnordestina. A liberação dessa parcela ainda está sendo analisada uma vez que o pedido foi feito para o projeto que contemplava os ramais para Pecém e Suape que agora não mais faz parte do empreendimento.

Impressões Digitais

O relatório Kaspersky "Impressões Digitais e sua relação com as pessoas e as empresas" revela que Apesar de 71% dos brasileiros relatarem ter o hábito de conferir se um site é legítimo antes de preenchê-lo com seus dados pessoais, 65% afirmam não saber comprovar se uma página online é autêntica.

Serpro e o IVA

Desenvolvedor do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), no qual são realizados todos os pagamentos e recebimentos do governo federal e do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) O Serpro será o viabilizador tecnológico na estruturação dos serviços que asseguram todo o processo tributário e que terão o necessário impacto para colocar em prática as exigências da reforma país com a criação do Imposto sobre Valor Adicionado (IVA).

Costa Dourada

A partir do dia 10 de agosto, o Shopping Costa Dourada passará a abrir uma hora mais cedo de segunda a sábado. O novo horário, no entanto, não altera o dia a dia de operações que iniciam o atendimento ao público às 8h. O Atacarejo Arco-Vita, Farmácia Santa Maria, Home Center Tupan, a Lotérica e a Uninassau.

MRV E MCMV

Com as mudanças do “Minha Casa, Minha Vida”, 90% da população brasileira agora está elegível para o programa. A MRV empresa, do grupo MRV&CO, que participa do programa desde sua criação (35 mil unidades) agora está com 92% do seu portfólio atual enquadrado.

Força do PIX

O relatório de Mercado de Pagamentos em Dados, desenvolvido pelo Instituto Propague, aponta que cerca de 34,7% de todas as transações de pagamentos realizadas no 1º trimestre de 2023 foram feitas através do Pix, representando um aumento de 6 pontos percentuais em relação ao 1º trimestre de 2022.

Aeroporto Recife

O Aeroporto Internacional do Recife bateu recorde de movimentação de passageiros em junho com 692 mil pessoas circulando pelo terminal aéreo no mês passado segundo dados da AENA e à Infraero. Os números é o maior número dos últimos cinco anos, quando comparamos com os mesmos meses nesse determinado intervalo de tempo. Em junho de 2019, foram 644 mil.

Profissão do filho

As profissões de médico, engenheiro, veterinário ou cientista de dados são as profissões dos sonhos que a maioria dos pais brasileiros deseja para seus filhos. Medicina aparece isolada em 1º lugar (89%), o que reitera a atratividade dessa carreira. Engenheiro ou Engenheira (84%) aparece na 2ª posição. Os cientistas (com 82%) e os desenvolvedores (as) de software (81%) vêm a seguir. Os dados são da 14ª edição da pesquisa Observatório Febraban-Ipespe.

Sertão Vivo

O BNDES aposta no edital Sertão Vivo, chamado de Semeando Resiliência Climática em Comunidades Rurais do Nordeste, inspirado na experiência brasileira de enfrentamento à pobreza rural e combate à fome. Com orçamento total de aproximadamente R$ 1 bilhão vai juntar US$ 129,5 milhões do BNDES à igual participação do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) a agência especializada das Nações Unidas que captou recursos do Green Climate Fund (GCF), braço da ONU que financia a custos incentivados a implantação das metas do Acordo de Paris. Os estados selecionados adicionarão juntos mais US$ 73 milhões como contrapartida.

Edição do Jornal

img-1 img-2

Confira a Edição completa do Jornal de hoje em apenas um clique

Últimas notícias