Cenário econômico em Pernambuco, no Brasil e no Mundo, por Fernando Castilho

JC Negócios

Por Fernando Castilho
[email protected]

Informação e análise econômica, negócios e mercados

Coluna JC Negócios

Distorção do mercado de crédito pessoal, rotativo do cartão deve ser extinto

Assim como o parcelamento, o refinanciamnento de debito pela propria administradoras permite a cobrança de taxas de mais de 400%.

Fernando Castilho
Cadastrado por
Fernando Castilho
Publicado em 11/08/2023 às 0:05 | Atualizado em 11/08/2023 às 6:55
José Cruz/Agência Brasil
Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central do Brasil - FOTO: José Cruz/Agência Brasil

No país que inventou o Jogo do Bicho, o cheque pré-datado, o crédito consignado e o parcelamento do cartão de crédito uma outra invenção do varejo proposta ao bancos parece estar com os dias contados com a proposta do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto de extinguir o rotativo no cartão de crédito.

Pouca gente sabe mas a ideia do cartão de crédito como conhecemos veio da American Express foi fundada nos Estados Unidos, em 1850, que inicialmente, oferecia serviços de envio expresso de cartas e encomendas e depois começou a oferecer serviços financeiros como cheques de viagem "traveler check's". Embora, oficialmente, o primeiro cartão tenha sido do Diners Club International (lançado em 1950) foi o Amex que revolucionou o novo negócio.

Parcelamento

O problema é que no Brasil o cartão de crédito virou veículo para fazer fiado parcelado. E depois virou financiamento disfarçado com o rotativo até que o Banco Central decidiu organizar a esculhambação colocando as administradoras de cartão de crédito sob sua fiscalização. Mas isso não impediu que na esteira do parcelamento (outra invenção brasileira) viesse o crédito rotativo que por ser classificado como crédito livre tem uma taxa de refinanciamento absurda.

Varejo virou banco

Esse negócio virou um problema porque empresas de varejo entraram no negócio com o argumento de aumento de vendas, mas que logo passaram a emprestar dinheiro sempre mirando o juros de 400% do rotativo. Os bancos apenas consolidaram a prática. Para ser uma ideia do problema, em 2021, as empresas não bancárias tinham emitido 8,9 milhões de cartões. Em 2022 elas tinham entregue 36,5 milhões a quem passasse na porta de uma de suas lojas.

Fatura integral

O problema do rotativo do cartão fez o BC editar uma resolução que só permite ao cliente deixar de pagar parte da fatura uma vez, de modo que na segundo a instituição emissora faz automaticamente um financiamento. Mas isso não se resolveu. Na prática os bancos e as administradoras continuaram praticando taxas absurdas tanto no financiamento como nos empréstimos compulsórios.

A proposta de Campos Neto para que não tenha mais rotativo, que o crédito possa ir direto para o parcelamento (mensal) e seja uma taxa ao redor de 9%. Segundo ele, a proposta não é proibir o parcelamento sem juros e sim tentar fazer com que eles fiquem um pouco mais disciplinados.

Made In Brazil

O rotativo é ruim para o mercado porque o cliente deixa de consumir. Na verdade, não existe parcelamento de cartão de crédito no mercado internacional. Cartão de crédito é um contrato com prazo de pagamento de 30 dias. Quem não paga faz um empréstimo no crédito pessoal e, normalmente, fica sem o cartão. Mas não será uma coisa simples. Para ser ter uma ideia.

Em junho de 2022 o grupo de "financeiras" incluindo aquelas ligadas a empresas do ramo varejista e que emitem cartões vinculados às suas redes de lojas e as instituições financeiras que operam predominantemente com modelo digital saíram de um saldo devedor em 2019 de R$ 39,3 bilhões para R$ 130, bilhões. Exatamente o grupo que mais faz o refinanciamento do cartão de crédito na modalidade rotativo e está mais endividado no Serasa.

Sem Broa de milho

A tradicional broa de milho de Portugal conhecida pelo interior amarelado e a crosta "tostadinha" está ao lado de pães como o karavai (Rússia), as tortillas (México), a paratha (Índia) o pão de queijo (Brasil) está no centro de uma polêmica sobre causa de intoxicação em ao menos 187 pessoas que levou as autoridades Direcção-Geral de Saúde (DGS) e a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) a recomendarem a abtenção do produto em ao menos quatro distritos Santarém, Leiria, Coimbra e Aveiro até que se identifique as causas.

Sem álcool

Depois que o Brasil se tornou, em 2021, o mercado que mais consome a versão zero álcool da Heineken® no mundo, a empresa anunciou que até 2025 que irá atender 100% dos seus pontos de venda abastecidos com Heineken 0.0 . O Grupo HEINEKEN chegou ao Brasil em maio de 2010, quando comprou a divisão de cerveja do Grupo FEMSA e, em 2017, adquiriu a Brasil Kirin Holding S.A ("Brasil Kirin"), tornando-se o segundo player no mercado brasileiro de cervejas. A empresa anunciou que vai investir R$80 milhões na sua fábrica de São Paulo.

Teleport na China

Ampresa pernambucana Teleport Educacional, estará presente no Fórum Internacional de Cooperação Ambiental de Macau, maior evento de sustentabilidade da China, de quinta-feira a domingo. Levará dois cases de soluções corporativas para o mercado global: a Universidade Corporativa da Economia Verde e a Universidade Corporativa da Eletromobilidade.

 

Marcello Casal Jr./Abr
Fenabrave tinha afirmado que o programa de estímulo à indústria "fez o coração do setor voltar a bater" e que iria pedir ampliação ao governo federal - Marcello Casal Jr./Abr

A força do IPVA

A proposta de redução da alíquota do IPVA de 6% para 2,4% além de isentar o pagamento do tributo para mototaxistas e veículos destinados a transporte escolar que dizer uma redução de quase dois terços na arrecadação do tributo que, em 2022, chegou a R$ 1,89 bilhão num crescimento de 28% sobre os R$ 1,47 bilhão.

Receita alta

O IPVA representou 7,7% de toda a arrecadação direta do estado (ICMS, ITCD e IPVA) que chegou a R$25,55 bilhões. Pelo volume de vendas de automóveis novos em Pernambuco, no primeiro semestre de 2023, o estado arrecadou R$1,88 bilhão, o equivalente a todo o ano de 2022. Embora no segundo semestre a arrecadação seja apenas 15% de todo o ano.

 

Influenciadores

Os dealers (grupo de nove bancos e três corretoras credenciadas pelo Tesouro Nacional) com o objetivo de promover o desenvolvimento dos mercados primário e secundário de títulos públicos escolheram a plataforma Trademate, da B3, foi escolhida pelo Tesouro Nacional como a plataforma oficial para a negociação de títulos públicos federais. Anteriormente, a B3 usava a plataforma Trader; Agora usará a Trademate que foi desenvolvida em nuvem para substituir a plataforma de negociação Trader.

DIVULGAÇÃO
Teatro RioMar Fortaleza receberá a 15ª edição do MaxiModa - DIVULGAÇÃO

Influenciadoras

No próximo dia 25, no Teatro RioMar Fortaleza tem a 15ª edição do MaxiModa, seminário de negócios, moda, comunicação e inovação no Nordeste com as presenças da empreendedora Camila Coutinho do co-fundador da Farm, Marcello Bastos e da influenciadora digital especializada nos segmentos de moda, Monica Salgado.

Briga de gigantes

Está começando uma briga grande entre a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e a Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador (ABBT). A Abras apresentou aos ministros da Fazenda, Fernando Haddad, e do Trabalho, Luiz Marinho, proposta para simplificar o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) por meio da eliminação de intermediários privados.

Demora a pagar

O argumento é de que isso pode gerar uma economia de R$5 bilhões para os empregadores e estabelecimentos comerciais filiados ao programa que atinge 22 milhões de trabalhadores. São 21 empresas reunidas na ABBT que lucram com os depósitos à vista feitos pelas empresas empregadoras e pagos pelas intermediadoras com prazo de cerca de 30 dias.

Teleport na China

A empresa pernambucana Teleport Educacional, estará presente no Fórum Internacional de Cooperação Ambiental de Macau, maior evento de sustentabilidade da China, de quinta-feira a domingo. Levará dois cases de soluções corporativas para o mercado global: a Universidade Corporativa da Economia Verde e a Universidade Corporativa da Eletromobilidade.

DIVULGAÇÃO
La Belle de Jour, sucesso de Alceu Valença dará nome a um vinho produzido na região do Tejo, em Portugal - DIVULGAÇÃO

La Belle de Jour, sucesso de Alceu Valença, dá nome a um vinho produzido na região do Tejo, em Portugal, por uma vinícola, a Quinta da Atela, fundada em 1346. La Belle de Jour chega nas opções tinto, branco e rosé. Bom contador de histórias, o artista diz que a música surgiu depois que ele teria "flertado" com Catherine Deneuve, Jacqueline Bisset, em Paris e que o fizeram lembrar de uma bailarina "da praia de Boa Viagem". O vinho será lançado pela Wine Concept Brasil no próximo dia 15.

 

Edição do Jornal

img-1 img-2

Confira a Edição completa do Jornal de hoje em apenas um clique

Últimas notícias