COLUNA MEU PET

Brinquedos podem ser alternativas para pets na quarentena

Para diminuir o estresse provocado pelo confinamento e manter os pets saudáveis, especialistas indicam que os tutores procurem brinquedos interativos e realizem atividades com os animais dentro de casa

Amanda Rainheri
Amanda Rainheri
Publicado em 19/05/2020 às 18:11
Notícia
Reprodução
O confinamento pode deixar os animais estressados, segundo especialitas - FOTO: Reprodução
Leitura:

Por Amanda Rainheri, da Coluna Meu Pet

Manter os pets entretidos em meio à quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) é um desafio para tutores, principalmente em dias de isolamento social mais rígido, em que os passeios estão proibidos por decreto. Para diminuir o estresse provocado pelo confinamento e manter os pets saudáveis, especialistas indicam que os tutores procurem brinquedos interativos e realizem atividades com os animais dentro de casa. 

Para que os tutores possam seguir as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e permanecerem em casa, sem prejudicar as atividades dos bichinhos, a plataforma do RioMar Online está fazendo entrega de produtos e brinquedos através da nova linha de suas lojas do segmento ou pelo próprio delivery da loja.

O adestrador Ângelo Falcão lembra que o estresse pode estar associado a comportamentos não desejáveis. "O nível de estresse aumenta e, consequentemente, maus hábitos como latidos excessivos, destruição de móveis e objetos, necessidades fisiológicas no lugar errado. Com isso, é importante fazer com que esses animais gastem essa energia. E apesar de importante, não é apenas o passeio que faz com que isso aconteça, alguns exercícios práticos e objetos apropriados podem ajudar muito”.

Segundo ele, existem atividades que os tutores podem realizar, como colocar a ração dentro das bolinhas, o que faz o o animal comer mais lentamente e gastar mais energia ao mesmo tempo. “Ele vai está utilizando a pata, a língua e dentes para segurar o brinquedo e tirar o alimento”, explica Ângelo.

A securitária Monyque Alves, 24 anos, costumava passear duas vezes por semana com a cachorrinha Teki antes da quarentena e tem apostado em brinquedos para aliviar o estresse. "A rotina mudou, mas é uma medida necessária. O que estou tentando fazer é brincar mais em casa e ficar mais próxima dela, para evitar que fique estressada", conta.

Quem preferir comprar diretamente pelo delivery da loja, pode adquirir rações, acessórios, medicamentos e brinquedos para cães, gatos, pássaros e peixes pelo aplicativo da loja Petz ou pelo site www.petz.com.br. Também é possível comprar através de ligação para (81) 3003-7389. As entregas são feitas no mesmo dia. 

LEIA MAIS TEXTOS DA COLUNA MEU PET EM jc.com.br/meu-pet

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias