Imprensa não terá acesso à reunião sobre aumento das passagens

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 19/01/2012 às 18:21
Leitura:
A reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano  (CSTM), que decidirá o aumento das passagens de ônibus no Grande Recife nesta sexta-feira, não pode mais ser acompanhada pela imprensa. Agora, na gestão Eduardo Campos, acontece a portas fechadas. A justificativa dada pelo governo é que os jornalistas foram proibidos de acompanhar a reunião para não "se armar um circo", ou seja, para que alguns conselheiros não aproveitem o espaço para tirar lucros pessoais. A decisão da Secretaria das Cidades - o conselho é presidido pelo secretário Danilo Cabral e cabe a ele convocar e coordenar as reuniões - é lamentável.Principalmente porque historicamente a imprensa sempre teve acesso a todas as reuniões do antigo conselho, chamado CMTU. Assim como o CSTM, sempre foram poucas e só aconteciam para aprovar reajuste tarifário. Mas nelas era possível os jornalistas saberem como os conselheiros se posicionavam e o que defendiam. Era possível ler nas entrelinhas, ver os bastidores. Agora tudo mudou. A decisão final do conselho será divulgada numa entrevista coletiva realizada posteriormente. Lamentável! Esperamos que, pelo menos, a Secretaria das Cidades e o Grande Recife Consórcio de Transportes divulguem o voto de cada conselheiro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias