Enviar SMS ao volante aumenta em 23 vezes o risco de acidentes. O alerta é da Abramet

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 19/06/2012 às 20:00
Leitura:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=IHK5oIqILKgVídeo da campanha da AbrametDesviar a atenção do trânsito para mandar SMS de um celular estando ao volante é a mesma coisa que dirigir às cegas. Esse é o alerta da campanha lançada nacionalmente na última terça-feira pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), entidade que congrega os médicos do trânsito e sempre discute as regras de segurança para se dirigir no País. Pelos estudos apresentados, o condutor que envia SMS enquanto dirige aumenta em 23 vezes as chances de sofrer ou provocar uma colisão. E o mais grave é que o uso do celular ao volante está cada vez mais disseminado. É a quarta principal causa de acidentes de trânsito no Brasil e no mundo - segundo a Abramet - e, em Pernambuco, é a quarta infração mais cometida pelos motoristas, de acordo com estatísticas do Detran-PE.A relação entre o uso do celular e o envio de SMS com a desatenção provocada nos condutores, comprovada por estudos, impressiona. O motorista que conduz um veículo a 60 km/h e decide olhar o aparelho ou digitar uma mensagem perde, no mínimo, entre 4 e 5 segundos de sua atenção, principalmente da visão frontal. Isso significa dizer que ele vai percorrer de 17 a 34 metros em completa cegueira. A visão de 360 graus que todo condutor precisa para dirigir se perde. É como se o veículo andasse literalmente às cegas, sem um condutor ao volante. Se a velocidade do veículo for mais alta, de 100 km/h, por exemplo, a distância percorrida sem qualquer tipo de atenção é ainda maior: 120 metros, alerta o médico Dirceu Rodrigues, chefe do Departamento de Medicina de Tráfego Ocupacional da Abramet.http://youtu.be/OjEcGE5GvSICampanha internacionalUma boa maneira de perceber a interferência direta na condução do veículo, afirma o especialista, é que depois de terminar um bate-papo pelo celular ou via SMS, o motorista não conseguirá narrar os lugares que passou, qual a sinalização vertical e horizontal existente ou as características dos pedestres. A expectativa de uma resposta também continua distraindo o motorista após o envio do SMS. Ele fica pensando na conversa que acabou de ter, mesmo depois de finalizar o manuseio do aparelho, diz. A campanha está embasada num vídeo com imagens de acidentes de trânsito, tendo, ao fundo, uma criança cantando as letras do alfabeto. Ao fim, surge a mensagem Uma letra é o suficiente. Ao dirigir, não envie SMS.http://youtu.be/dFypRtBirqgCampanha do DenatranA preocupação da Abramet se justifica pelo crescimento de usuários de celular e, especialmente, dos smartphones, que estimulam ainda mais a troca de mensagens. Está havendo um abuso. A utilização do celular nos automóveis tem virado um vício e é preciso que façamos algo. Estamos usando a tecnologia contra nós mesmos. Precisamos nos conscientizar da necessidade de desligar toda essa tecnologia ao adentrar o veículo. É possível. Ninguém pode ser dependente de um celular, defende Dirceu Rodrigues. Além da campanha, que por enquanto será veiculada apenas nas redes sociais e em canais de vídeos da internet, a proposta da Abramet é estimular a formulação de um projeto de lei ao Congresso Nacional proibindo a utilização de qualquer equipamento nos veículos.A fiscalização do uso de celular já é difícil. A do envio de mensagens é ainda pior porque o condutor pode disfarçar a utilização. Por isso é importante dar ferramentas à fiscalização para punir os condutores que insistirem em fazer uso dos equipamentos, disse o médico. A entidade busca parceiros para ampliar a divulgação da campanha, como veículos de comunicação e companhias de trânsito.Causas de acidentes no Brasil:1º lugar: Excesso de velocidade2º lugar: Consumo de álcool e direção3º lugar: Fadiga e cansaço4º lugar: Desatenção (nesse tópico entra o uso do celular)Ranking das principais infrações cometidas em Pernambuco (2011)1º) Transitar com velocidade superior a permitida em até 20% - 161.0012º) Avanço de sinal - 51.0223º) Transitar com velocidade superior a permitida em mais de 20% a 50% - 35.7404º) Usar telefone celular - 31.2615º) Estacionar em desacordo com a regulamentação - 32.007Fonte: Abramet/Detran-PE

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias