Agora é para valer: testes práticos do Detran-PE exigirão respeito às bicicletas

Publicado em 01/07/2015 às 7:30
Leitura:
  Fotos: Guga Matos/JC Imagem Fotos: Guga Matos/JC Imagem   A partir desta quarta-feira (01/07) todos os candidatos à habilitação no Detran-PE terão que demonstrar respeito aos ciclistas, mantendo a distância lateral de 1,5 metro das bicicletas durante os exames práticos. A iniciativa é inédita no Brasil e tem como meta estimular o convívio saudável entre motoristas e ciclistas. Pernambuco inovou e já instalou no pátio de exames práticos do órgão duas bicicletas estáticas com um boneco acoplado para simular a presença do ciclista no trânsito. As faltas cometidas pelo candidato durante a avaliação do exame de direção veicular que estiverem relacionadas à bicicleta representarão falta média durante o exame, com atribuição de dois pontos negativos. Isso vale para aqueles que deixarem de guardar a distância lateral de 1,5 metro ao passar ou ultrapassar a bicicleta estática. Respeitando a distância, os futuros condutores praticarão o que já está determinado pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no artigo 201: o motorista deve manter a distância de um metro e meio de qualquer ciclista, podendo sofrer infração média (R$ 85,13), sob a penalidade de multa nos casos de descumprimento.
  Charles Ribeiro, diretor presidente do Detran-PE, lembra que além das regras da legislação de trânsito que são aplicados ao exame de direção veicular, os candidatos à habilitação também serão avaliados em relação aos cuidados que deverão ter com o ciclista e o modal representado pelas bicicletas estáticas. O mesmo modelo de exame será, em breve, implantado em todas as Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) de Pernambuco. A implantação nas unidades está em andamento.   Detran_Bike_Guga   LEIA TAMBÉM Respeito ao ciclista agora na prova prática do Detran-PE Motoristas de ônibus viram ciclistas por um dia   Além da instalação das bicicletas estáticas, o Detran-PE promoveu curso com instrutores dos Centros de Formação de Condutores – CFC’s, de todo o Estado, para trabalhar o tema “A bicicleta como modal de transporte”. “Ao longo do curso, foram capacitados cerca de 2 mil e 550 instrutores sobre legislação de trânsito e regras de direção defensiva, sempre com foco no convívio sadio da bicicleta com outros modais de transporte”, concluiu. As bicicletas já estavam instaladas no pátio do Detran-PE, na Iputinga, Zona Oeste do Recife, mas a distância regulamentar ainda não era avaliada para valer.  

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias