Plano de Mobilidade do Recife é discutido em oficinas abertas ao público

Publicado em 12/04/2016 às 13:08
Foto: Divulgação Cidades a Pé
FOTO: Foto: Divulgação Cidades a Pé
Leitura:
  Foto: Divulgação Cidades a Pé Foto: Divulgação Cidades a Pé   É tudo divulgado em cima da hora, mas se você for decidido e correr, pode dar tempo de participar. A Prefeitura do Recife realiza nestas quarta (13/4)  e quinta-feiras (14/4) os ciclos de oficinais técnicas e participativas obrigatórias para validar a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana do Recife. Todo o processo é coordenado pelo Instituto da Cidade Pelópidas Silveira (ICPS). O objetivo é envolver a população nas discussões sobre o tema, reforçando a participação social - fundamental não só pela legislação, mas principalmente para referendar as futuras conclusões.  
A oficina técnica exige inscrição e limita participação a profissionais e estudantes de áreas ligadas ao planejamento urbano. Já a oficina participativa não", Instituto Pelópidas Silveira
  O tema da oficina técnica será as calçadas do Recife, algo que qualquer cidadão, mesmo os mais "carrocratas" tem autoridade para falar e, principalmente, cobrar. Mas pelo menos no caso das discussões técnicas, é necessário fazer inscrição pelo link: https://docs.google.com/forms/d/1y7SPGmSDTcYHwZpRdH9pn_hVcprTSdPUj7Ob67vCVf0/viewform   Serão disponibilizadas apenas 50 vagas para a oficina, que acontecerá na Universidade Católica de Pernambuco (Bloco D, sala 206), das 14h às 17h . A proposta é que essas discussões tenham como participantes profissionais e estudantes de áreas correlacionadas com o planejamento urbano. "A ideia é buscar uma visão técnica sobre o tema a partir do que já foi produzido dentro do Plano Recife Centro Cidadão, que é realizado pelo ICPS em parceria com a Unicap. O Plano Recife Centro Cidadão visa propor, junto com a sociedade, intervenções e melhorias urbanas numa área que envolve os bairros da Boa Vista, Coelhos, Ilha do Leite, Paissandu, Santo Amaro e Soledade", diz o texto enviado pela PCR. Já a primeira oficina participativa acontecerá na quinta-feira (14), a partir das 19h, e percorrerá, a partir desta semana, as 18 microrregiões da cidade. O encontro é aberto ao público em geral e é mais um espaço de interação que o Instituo abre para a participação popular na construção do Plano de Mobilidade. Este primeiro encontro será aberto aos moradores dos bairros de Torrões e Engenho do Meio (Microrregião 4.2). Diferente das Oficinas Técnicas, não é necessário fazer inscrição. Basta comparecer no local minutos antes do início das atividades e se identificar junto à coordenação do encontro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias