Jovens de baixa renda têm direito a viajar de graça nas linhas interestaduais. Saiba como

Publicado em 14/10/2016 às 19:36
Leitura:
    ID-Jovem-banner13   A Caixa Econômica Federal e a Secretaria Nacional da Juventude lançaram oficialmente a ID Jovem, identidade que permite que jovens de baixa renda (cuja família receba até dois salários mínimos) utilizem gratuitamente ônibus e trens interestaduais  (entre Estados).  A  Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT ) regulamentou a gratuidade no dia 31 de março de 2016, mas os jovens de baixa renda, com idades entre 15 e 29 anos, beneficiados pela medida, não conseguiam estar isentos das passagens porque a ID Jovem ainda não era emitida. O benefício também garante 50% de desconto nas passagens, quando as duas vagas gratuitas nos ônibus e trens já tiverem se esgotado. Vale lembrar que os jovens ainda terão de pagar a taxa de embarque e os pedágios, já que as isenções totais ou desconto de 50% são apenas para o valor da passagem.  O documento também garante acesso gratuito ou descontos em espetáculos culturais. A ID Jovem pode ser solicitada pela internet ou por meio de aplicativo de celular.  
RESUMO * São reservadas por viagem, duas vagas gratuitas em cada veículo, comboio ferroviário ou embarcação do serviço convencional de transporte interestadual de passageiros * Depois de esgotadas as vagas gratuitas, são reservadas mais duas vagas com desconto de 50% (cinquenta por cento), no mínimo, no valor das passagens * Atenção: Vale para ônibus, trem e embarcação. * O transporte tem que ser interestadual, ou seja entre estados diferentes. Não vale para deslocamentos entre municípios ou dentro do município. * A reserva de assentos para os jovens é válida até 3 horas antes da partida do transporte * Para mais informações acesse o Decreto 8.537/2015

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias