Primeira rodovia pedagiada de Pernambuco completa dez anos

Publicado em 24/01/2017 às 18:30
Leitura:
  Fotos: Divulgação Fotos: Divulgação   A primeira rodovia pedagiada de Pernambuco, a Rota dos Coqueiros, que liga a Região Metropolitana do Recife ao Litoral Sul do Estado, completou dez anos de operação e caiu no gosto dos motoristas. Nas quatro pesquisas realizadas desde 2012, entre 96% e 98% dos usuários deram conceito bom e excelente à rodovia. Na avaliação de quem usa, os destaques da via são a sinalização, as placas que informam os limites de velocidade, a conservação da via, a condição de pavimento e a paisagem. Todos os dias, 4.500 veículos utilizam a rota. A Rota dos Coqueiros foi o primeiro contrato de Parceria Público-Privada viária do Brasil e a primeira de Pernambuco, no modelo de Concessão Patrocinada conforme a lei das PPPs 11.079/2004. A concessão previa 30 anos de operação. Foram mais de R$ 180 milhões em obras, operações, conservação e manutenção. A expectativa é de que, para os próximos 20 anos, sejam investidos mais R$ 115 milhões. Nesse período houve, também, a preocupação em melhorar a qualidade de vida de moradores da região. A Rota dos Coqueiros injetou R$ 6 milhões em projetos socioambientais que, desde então, já beneficiaram mais de quatro mil pessoas. LEIA MAIS Rodovias pedagiadas podem custar caro, mas oferecem mais segurança TCE exige redução de tarifa em pedágio da Rota dos Coqueiros Rodovias pedagiadas podem ser melhor do que o pernambucano imagina Motoristas ou “pregos tortos” ao volante?   Um dos méritos do corredor viário - mesmo sendo pedagiada - foi a completa transformação do sul da Região Metropolitana. Bairros como Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes, por exemplo, deixaram de ser um “fim de linha”, um “esconderijo”, sem ligar nada a lugar nenhum, para passar a fazer parte do caminho de milhões de pessoas. E, principalmente, facilitou o acesso ao Litoral Sul, junto com a Rota do Atlântico - segunda rodovia pedagiada do Estado, com três anos de operação.   rota-dos-coqueirosreduzida  

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias