30 milhões de reais para pavimentar ruas ? Um conselho ao prefeito Geraldo Julio

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 05/02/2020 às 8:25
Leitura:
[caption id="attachment_13790" align="aligncenter" width="748"]"" Fortaleza aproveitou os contratos de pavimentação das ruas, como o que a PCR anunciou, para promover a ampliação da malha ciclável e a implantação das faixas de ônibus. ao mesmo tempo que cuidou dos carros, atendeu à mobilidade ativa e ao transporte coletivo. Fotos: Prefeitura de Fortaleza[/caption] Não vamos aqui dizer que a Prefeitura do Recife não deveria gastar R$ 30 milhões para refazer o pavimento de 50 ruas e avenidas, ainda mais quando 23 delas são corredores de ônibus por onde circulam diariamente 173 linhas de ônibus e mais de um milhão de pessoas. É claro que, apesar de destacar o benefício ao transporte público, os alvos principais dessa ação municipal são o automóvel e as eleições municipais de outubro ? ninguém duvida disso. Mesmo assim, o prefeito Geraldo Júlio (PSB) poderia se espelhar nos fortalezenses e aproveitar para, no mesmo pacote da pavimentação das ruas, promover a expansão das faixas exclusivas de ônibus ? as Faixas Azuis ? e da estrutura cicloviária da cidade, que vem crescendo a olhos vistos, mas ainda não alcançou os corredores radiais e perimetrais utilizados pelos ciclistas que têm a bicicleta como meio de transporte. E mais: reduzir a largura das faixas de rolamento promovendo a redução de velocidade dos veículos e garantindo mais segurança viária para as pessoas, sem polemizar com o automóvel.Confira o especial multimídia O EXEMPLO DE FORTALEZA Essa, para quem não sabe, foi a estratégia da Prefeitura de Fortaleza, município que nos últimos três anos tem virado referência em gestão e inovação em mobilidade urbana. Para ampliar a malha ciclável da cidade e implantar faixas exclusivas de ônibus, a gestão municipal exerceu, na essência, a praticidade típica dos cearenses. Nada de elaboração de mega projetos para implantar coisas simples. Foi ?comendo pelas beiradas?. Essa foi a estratégia adotada pela equipe do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), grupo que atua integrado e está ligado à Secretaria de Conservação e Serviços Públicos de Fortaleza. Por estarem sob gestão da mesma secretaria (Conservação e Serviços Públicos), a ampliação da malha ciclável e a implantação das faixas de ônibus foram sendo introduzida nos contratos já existentes, como os de pavimentação e sinalização de ruas. O mesmo valeu para os contratos de fiscalização eletrônica da cidade.
Em 2018, o JC conheceu de perto a revolução da ciclomobilidade promovida na capital cearense, e produziu o especial O EXEMPLO DE FORTALEZA. Na época, o até hoje secretário-executivo de Conservação e Serviços Públicos, Luiz Alberto, deu a dica: ?No lugar de retirar faixas dos carros, apenas reduzimos a largura e abrimos espaço para as ciclofaixas. O mesmo aconteceu com as faixas exclusivas para os ônibus. Nas vias em que entendemos ser necessário, colocamos as ciclofaixas unidirecionais (sentido único) de um lado e as de ônibus do outro. Não polemizamos com os automóveis, que continuaram tendo a mesma quantidade de faixas, só que mais estreitas. Focamos em implantar a infraestrutura e, não, na polêmica?, disse. É claro que a decisão política existiu e referendou as ideias dos técnicos ? sendo validadas pessoalmente pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT), que é médico.Esse conjunto de prioridades e ações fez com que a cidade ficasse repleta de ciclofaixas. E a grande maioria conectada, em bairros de classe média, mas também na periferia. Inclusive cortando áreas com altos índices de violência. A política voltada para a ciclomobilidade fez a malha ciclável aumentar 249% em cinco anos, passando de 68 quilômetros em 2013 para 240 quilômetros em 2018. Embora tenha crescido, a implantação da infraestrutura para a bicicleta no Recife é bem mais lenta. Foram sete anos de gestão PSB para alcançarmos 100 quilômetros. E muitas das rotas, infelizmente, ainda sem conexões. No caso das Faixas Azuis, de fato, tivemos avanços e o mérito é todo da equipe do prefeito Geraldo Júlio: saímos do zero para 38 quilômetros de faixas exclusivas. Mas paramos no tempo em 2018.[caption id="attachment_13791" align="aligncenter" width="748"]"" No lugar de retirar faixas dos carros, Fortaleza apenas reduziu a largura e abriu espaço para as ciclofaixas e as faixas exclusivas para os ônibus[/caption] PAVIMENTAÇÃO DAS VIAS NO RECIFEA Prefeitura do Recife pretende investir R$ 30 milhões para recuperar 50 corredores e ruas do Recife no primeiro semestre de 2020. No total, serão 40 quilômetros de vias recuperadas nas seis Regiões Político Administrativas (RPA) da cidade.Confira as vias que serão beneficiadas:RPA 01 ? Avenida Jayme da Fonte Rua do Príncipe, em Santo Amaro; Rua do Imperador, Santo Antônio; Rua Morães de Inhamã Santo Amaro; Ponte Maurício de Nassau, Santo Antônio; Avenida Beira Rio, Ilha de Joana Bezerra; Avenida Norte, Santo Amaro; e Avenida Prefeito Artur de Lima Cavalcanti, Santo AmaroRPA 02 ? Avenida Beberibe, Água Fria; Avenida Cidade Monteiro, Cajueiro; Rua Uriel de Holanda, Dois Unidos; Avenida Hildebrando de Vasconcelos, Dois Unidos; Rua Córrego Central, Linha do Tiro, Rua Arão Botler, Cajueiro, Rua Alberto Wanderley, Cajueiro, rua João LiberatoRPA 03 ? Avenida Vereador Otacílio de Azevedo, Brejo da Guabiraba; Rua Dois Irmãos, Dois Irmãos; rua Coronel Pilar, Passarinho; rua Pereira Barreto, Passarinho; rua Paula Batista, Casa Amarela; Rua das Graças, Graças; Rua das Pernambucanas, Graças; Rua Guilherme Pinto, Derby; Rua Luiz Césario de Melo, Vasco da Gama; Avenida Agamenon Magalhães, Derby; Rua Antenor Navarro, Graças; e Rua Uriel Sérgio Gardim, Tamarineira; Rua Assis Chateubriand, Guabiraba; rua General Abreu e Lima, Passarinho; rua Salvador de Sá, Rosarinho, rua Antenor NavarroRPA 04 ? Avenida Caxangá (1º trecho: do túnel da Abolição até a Rua José Osório), Caxangá; e Avenida Caxangá (2º trecho: da Rua Paul Harris até o TI), CaxangáRPA 05 ? Rua Bezerra da Palma, Afogados; Avenida São Paulo, Jardim São Paulo; Rua São Miguel, Afogados; e Avenida General San MartinRPA 06 ? Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, Imbiribeira; Rua Jean Emile Favre, Ipsep; rua Soldado Sinésio de Aragão, Imbiribeira; Avenida Engenheiro Alves de Souza, Imbiribeira; e Avenida Domingos, Boa Viagem

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias