COLUNA MOBILIDADE

Semana Santa: confira rotas para não ficar preso no engarrafamento na volta do feriadão

Valem as mesmas regras, dicas e rotas para tentar fugir do impacto provocado pelas obras de alargamento da BR-232, nos 6,8 quilômetros entre a bifurcação com a BR-101 (km 4,70) e a entrada da BR-408 (km 11,50)

Roberta Soares
Cadastrado por
Roberta Soares
Publicado em 17/04/2022 às 7:00 | Atualizado em 26/04/2022 às 16:21
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Saída da BR 232 para a Semana Santa, no dia 13.04.2022 - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

O cuidado, a atenção e os transtornos enfrentados pelos condutores na saída para o feriadão da Semana Santa no interior de Pernambuco deverão ser os mesmos para a volta dos três dias de folga.

Valem as mesmas regras, dicas e rotas para tentar fugir do impacto provocado pelas obras de alargamento da BR-232, nos 6,8 quilômetros entre a bifurcação com a BR-101 (km 4,70) e a entrada da BR-408 (km 11,50).

O condutor deve estar atento porque a saída para o feriadão foi intensa e, já na quinta-feira (14), uma colisão envolvendo sete veículos na BR-232, altura do município de Moreno, complicou ainda mais o já complicado tráfego.

A expectativa para a volta do feriadão é ainda pior porque a concentração de veículos é ainda maior, já que quase todo mundo retornará no Domingo de Páscoa.

Na saída do feriadão, por exemplo, há uma distribuição maior do volume de veículos porque as pessoas viajam de locais diferentes, em horários também diversos.

Por isso, sugere a Polícia Rodoviária Federal (PRF), quem puder deve antecipar o retorno e evitar o fim da tarde e início da noite, por exemplo, quando a maioria dos motoristas costumam estar pegando a estrada.

As rotas alternativas sugeridas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE) e pela Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes - que entregou uma nova avenida alternativa à BR-232 - são opção também para a volta do feriadão. 

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
A via tem 2,5 km de extensão e conecta Jaboatão Centro à BR-232 nas imediações de Moreno - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Semana Santa: Obras e problemas nas rodovias BR 232, BR 104 e PE 145. BR 104. Obras e problemas na BR 232. - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Pela manhã, são pelo menos três quilômetros de retenção no sentido interior-capital. E à tarde, já a partir das 15h, cenário semelhante é visto no sentido contrário - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM

PARA EVITAR O TRECHO EM OBRAS DA BR-232:

*Quem vai para a Zona Norte do Grande Recife:

Sair da BR-232, na altura dos Curados, no limite do Recife com Jaboatão dos Guarapes, e acessar a BR-408. Em seguida, pegar o Ramal da Copa e seguir pela PE-005 - a Avenida Belmino Correia, a principal de Camaragibe, até a Avenida Caxangá, na Zona Oeste do Recife.


* Quem vai para a Zona Sul do Grande Recife:

Sair da BR-232 no entroncamento com a PE-071, em Chã Grande (próximo a Gravatá). Passar pelo município de Amaraji e Primavera, na Mata Sul, pela PE-063, até chegar à BR-101-Sul.

DIVULGAÇÃO
Nova rota alternativa à BR-232 por Jaboatão dos Guararapes - DIVULGAÇÃO

NOVA ROTA

Outra opção é o novo acesso que a Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes disponibilizou ainda na quinta (14), véspera do feriadão.

É a Avenida Adelina Lacerda Beltrão, uma conexão que começa em Jaboatão Centro e chega à rodovia federal na altura do município de Moreno, também na Região Metropolitana do Recife.

DIVULGAÇÃO
Nova rota alternativa à BR-232 por Jaboatão dos Guararapes - DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Nova rota alternativa à BR-232 por Jaboatão dos Guararapes - DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Nova rota alternativa à BR-232 por Jaboatão dos Guararapes - DIVULGAÇÃO


A via tem 2,5 km de extensão, com início na PE-07 (em Jaboatão Centro), e vai até a BR-232, nas proximidades da divisa com Moreno. Representou um investimento de R$ 8 milhões.

A dica para os motoristas que querem voltar por ela é entrar na Avenida Adelina Lacerda Beltrão, no acesso ao condomínio Alphaville, e seguir até a PE-07.

LITORAL COMO DESTINO

Para quem volta do Litoral Sul de Pernambuco, a dica é usar as duas rodovias pedagiadas, o que significa garantia de mais segurança viária e qualidade de pavimento.

As concessionárias do Grupo Monte Rodovias em Pernambuco, que operam o Sistema Viário do Paiva (Rota dos Coqueiros) e o Complexo Viário de Suape (Rota do Atlântico), estão com uma operação especial até este domingo (17) para receber um volume de 80 mil veículos.

As praças de pedágio estão com serviço de papa-fila durante todos os quatro dias de operação especial.

 

Comentários

Últimas notícias