COLUNA MOBILIDADE

Novos ônibus entram em operação no Grande Recife, mas sem o prometido ar-condicionado

Para quem não lembra, em 2019 a Alepe aprovou uma lei que previa a refrigeração total da frota no prazo de quatro anos

Roberta Soares
Cadastrado por
Roberta Soares
Publicado em 17/05/2022 às 8:00 | Atualizado em 17/05/2022 às 9:45
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
São 170 veículos novos, adquiridos apenas pelas empresas Caxangá e Metropolitana, duas das maiores do sistema - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Desde a semana passada, o transporte coletivo da Região Metropolitana do Recife operado por ônibus começou a receber novos coletivos. São 170 veículos novos, adquiridos apenas pelas empresas Caxangá e Metropolitana, duas das maiores do sistema.

São 85 ônibus para cada uma das empresas, que integram o mesmo grupo empresarial e operam linhas que circulam na Zona Oeste do Recife e nas cidades de Olinda e Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo informações das empresas, o reforço representará a renovação de metade da frota de cada uma das operadoras.

Os novos coletivos, entretanto, não têm ar-condicionado. Entram na operação sem a prometida refrigeração. Para quem não lembra, no fim de 2019 a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou a Lei Estadual 16.787/2019 que previa a refrigeração gradativa dos ônibus do Sistema de Transporte de Público de Passageiros (STPP) da RMR em até quatro anos.

A legislação uniformizou e ampliou para todo o Grande Recife a climatização da frota de coletivos, antes restrita às linhas que começavam e terminavam nos limites das cidades do Recife e de Olinda.

A prioridade da climatização, na época, era para as linhas perimetrais, radiais, troncais e circulares. Em seguida, aquelas de maior demanda. A estimativa do Estado era de que, após os quatro anos previstos, o STPP passasse a ter entre 39% e 51% da frota refrigerada.

DIVULGAÇÃO
A legislação uniformizou e ampliou para todo o Grande Recife a climatização da frota de coletivos, antes restrita às linhas que começavam e terminavam nos limites das cidades do Recife e de Olinda - DIVULGAÇÃO

Segundo dados do governo de Pernambuco divulgados na época, em dezembro de 2018 o STPP tinha 11,25% da frota com ar-condicionado. Eram 304 dos 2.703 veículos que estavam em operação na época. Mas no fim de 2019 tinha aumentado para 16,36%. Eram 441 coletivos refrigerados de um total de 2.696.

ARTES JC
Regras da refrigeração - ARTES JC

CUSTO

A refrigeração dos ônibus, no entanto, iria provocar um impacto anual de três a cinco centavos no valor da passagem da RMR – acréscimo que, é importante destacar, seria pago pelo passageiro.

Isso aconteceria porque a proposta do Executivo, assim como as legislações municipais aprovadas no fim do primeiro semestre de 2019 pelo Recife e Olinda, não definiram uma receita para cobrir os novos custos.

O modelo criado pelo governo do Estado beneficiaria 89 linhas do Sistema Estrutural Integrado (SEI), a integração entre ônibus e com o Metrô do Recife.

CRISE SANITÁRIA

Os passageiros dos ônibus do Grande Recife deverão esperar ainda um bom tempo para ver a lei entrar em vigor e usufruir da refrigeração da frota. Por nota, o governo de Pernambuco informou que não há qualquer previsão para adequação da frota devido à pandemia de covid-19.

O Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano (CTM) informou que a crise sobre o setor - provocada pela perda de demanda do serviço - impediu incluir o custo da refrigeração na tarifa cobrada no sistema. E, sem esse custo, a Lei impede a renovação já com ar-condicionado.

Confira a resposta na íntegra do CTM:

“A Lei Estadual n. 16.787, de 26 de dezembro de 2019, prevê a renovação de parte da frota dos veículos com vida útil acima de 8 anos, para os convencionais, e 10 anos, para os articulados, a critério do CSTM, desde que prevista a meta de renovação na revisão tarifária.

Ocorre que considerando a grave crise sanitária ocasionada pelo COVID, que impactou no cronograma de renovação de frota estabelecido anteriormente pelo CTM, e ciente do impacto da inclusão deste custo na tarifa pública, não foi incorporado no último estudo uma meta de renovação de frota para o ano de 2022.

A Lei Estadual supracitada, em seu Artigo 2º, § 3º estabelece que não haverá exigência da renovação da frota refrigerada caso não seja contemplada na revisão tarifária do presente exercício”.

 

DIVULGAÇÃO
São 85 ônibus para cada uma das empresas, que integram o mesmo grupo empresarial e operam linhas que circulam na Zona Oeste do Recife e nas cidades de Olinda e Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife - DIVULGAÇÃO

A reportagem tentou obter um retorno do governo de Pernambuco sobre o processo de refrigeração da frota, mas até a publicação desta reportagem não conseguiu uma resposta do Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano (CTM).


CONFIRA AS LINHAS DO SEI QUE RECEBERIAM A PROMETIDA REFRIGERAÇÃO (RADIAIS, PERIMETRAIS, INTERTERMINAIS E CIRCULARES)

TI JOANA BEZERRA / SHOPPING RIOMAR

TI TANCREDO NEVES (CIRCULAR BOA VIAGEM)

TI XAMBÁ / ENCRUZILHADA

TI XAMBÁ / RIO DOCE (AV. GETÚLIO VARGAS)

TI XAMBÁ / RIO DOCE (CARLOS DE LIMA CAVALCANTI)

TI IGARASSU (CIRCULAR)

TI PE-15 (CIRCULAR)

RIO DOCE (CIRCULAR)

CIRCULAR (CONDE DA BOA VISTA / PREFEITURA)

CIRCULAR (CONDE DA BOA VISTA / RUA DO SOL)

CIRCULAR (IMIP) CIRCULAR (CABUGÁ / PREFEITURA)

CIRCULAR (PRÍNCIPE)

CIRCULAR (PREFEITURA / CABUGÁ)

TI CDU (CIRCULAR)

TI CDU (VÁRZEA)

CIRCULAR / TI CABO

TI TIP / CAXANGÁ

CURADO II / CAXANGÁ (BR-232)

TI CAJUEIRO SECO (CIRCULAR)

TI AEROPORTO / TI TANCREDO NEVES

TI AEROPORTO / TI JOANA BEZERRA

TI TANCREDO NEVES / TI MACAXEIRA

ARTES JC
Regras da refrigeração - ARTES JC

TI AEROPORTO / TI PRAZERES

TI JABOATÃO (SANCHO) / TI TIP

TI TIP / TI AEROPORTO

TI XAMBÁ / TI JOANA BEZERRA

TI XAMBÁ / TI LARGO DA PAZ

TI XAMBÁ / TI PE-15

TI IGARASSU / TI ABREU E LIMA

TI PELÓPIDAS / TI MACAXEIRA

TI ABREU E LIMA / TI PELÓPIDAS

TI IGARASSU / TI MACAXEIRA

TI PELÓPIDAS / TI PE-15 - BRT

TI RIO DOCE / TI PE-15

TI AEROPORTO / TI AFOGADOS

TI JABOATÃO / TI CAVALEIRO

TI TANCREDO NEVES / TI MACAXEIRA

TI CDU / TI JOANA BEZERRA - BRT

TI COSME E DAMIÃO / TI CAMARAGIBE (VIA VIANA)

TI COSME E DAMIÃO / TI CAXANGÁ

TI CAMARAGIBE / TI MACAXEIRA

TI ABREU E LIMA / TI MACAXEIRA

TI CABO / TI CAJUEIRO SECO

TI AEROPORTO / TI AFOGADOS

PE-15 / BOA VIAGEM

JOANA BEZERRA / BOA VIAGEM

PIEDADE / RIO DOCE

PE-15 / AFOGADOS

TI PELÓPIDAS / TI JOANA BEZERRA

TI PE-15 / TI JOANA BEZERRA

BARRO / MACAXEIRA (VÁRZEA)

BARRO / MACAXEIRA (BR-101)

PE-15 / AFOGADOS

TI BARRO / TI PRAZERES (JORDÃO)

TI BARRO / TI CAJUEIRO SECO

TI TIP (CONDE DA BOA VISTA)

TI TIP (DERBY)

TI XAMBÁ (CABUGÁ)

TI XAMBÁ (PRÍNCIPE)

TI PE-15 (PCR) - BRT

TI PE-15 (DANTAS BARRETO) - BRT

TI IGARASSU (PCR) - BRT

TI ABREU E LIMA (DANTAS BARRETO) - BRT

TI ABREU E LIMA (PCR) - BRT

TI IGARASSU (DANTAS BARRETO)

TI PELÓPIDAS (PCR) - BRT

TI PELÓPIDAS (CONDE DA BOA VISTA)

TI PELÓPIDAS (DANTAS BARRETO) - BRT

RIO DOCE (CONDE DA BOA VISTA)

RIO DOCE (PRINCESA ISABEL)

RIO DOCE (PRÍNCIPE)

JABOATÃO (PARADOR)

TI MACAXEIRA / ENCRUZILHADA

TI MACAXEIRA (AV. NORTE)

TI GETÚLIO VARGAS (DERBY)

TI CAXANGÁ (CONDE DA BOA VISTA) - BRT

TI CDU (CONDE DA BOA VISTA) - BRT

TI GETÚLIO VARGAS (CONDE DA BOA VISTA) - BRT

TI CAMARAGIBE (CONDE DA BOA VISTA) - BRT

TI CAMARAGIBE / DERBY - BRT

TI MACAXEIRA / ENCRUZILHADA

TI MACAXEIRA (AV. NORTE)

TI CABO MACAXEIRA / PARNAMIRIM

TI CAJUEIRO SECO (RUA DO SOL)

TI TANCREDO NEVES (IMIP)

TI TANCREDO NEVES (CONDE DA BOA VISTA)

LOTEAMENTO INTEGRAÇÃO / TI CAJUEIRO SECO

 

Comentários

Últimas notícias