Náutico x Santa Cruz: freguesia?

Publicado em 19/03/2016 às 14:42
Foto: Edgar Melo/JC Imagem
FOTO: Foto: Edgar Melo/JC Imagem
Leitura:
O Náutico tem levado sobre o Santa Cruz nos últimos clássicos. Foto: Edgar Melo/JC Imagem O Náutico tem levado sobre o Santa Cruz nos últimos clássicos. Foto: Edgar Melo/JC Imagem Pernambucanos brincam que o Sport sempre se atrapalha contra o Santa Cruz. Que tricolores se perdem quando encaram o Náutico. E que os alvirrubros não podem ver os rubro-negros pela frente. Pode parecer exagero, mas no caso do Timbu diante dos corais, a brincadeira tem fundo de verdade. Pelo menos se for levado em consideração os últimos confrontos. São três vitórias, além de um empate, para o clube da Rosa e Silva, nos quatro últimos duelos. E neste domingo, no Arruda, mais um encontro para comprovar a “freguesia” ou mostrar que tudo não passa de folclore futebolístico. Pelo que vem jogando, o Náutico chega mais forte. Defende a liderança, já está garantido nas semifinais do Estadual e tem mostrado mais encaixe. Além de viver ambiente mais tranquilo. Sem falar que o time de Dal Pozzo ganhou mais opções, com a chegada do lateral Henrique e da inversão de Rony, que cresceu bastante atuando pelo lado esquerdo. E com liberdade para se movimentar. Do lado coral, jogando em casa, o Santa pode contar com a força de sua torcida para estancar a série negativa diante do rival. E mais que isso: tentar manter-se na zona de classificação do Pernambucano e dar a arrancada que todos tricolores estão esperando. Depois de um ano anterior cheio de comemorações. E um início de temporada com muita decepção. Caso consiga o encaixe de 2015, com João Paulo voltando a fazer a diferença, pode mudar o panorama. Fazendo até o tricolor esquecer os recentes tropeços. Resgatando um passado próximo, quando perdeu apenas um jogo para o Timbu, em dez disputados consecutivamente até 2014.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias