Em busca de ser o maior do Nordeste

Carlyle Paes Barreto
Carlyle Paes Barreto
Publicado em 30/04/2016 às 15:04
Alvirrubros e tricolores usam estratégias diferentes na montagem de seus times. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Alvirrubros e tricolores usam estratégias diferentes na montagem de seus times. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:
[caption id="attachment_3484" align="alignnone" width="770"]"Uillian Uillian vem sendo um dos jogadores mais regulares do Santa Cruz na temporada. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem[/caption]Mesmo calejado de levantar taças ou de conseguir acessos, nos últimos anos, o Santa Cruz nunca foi tão longe na Copa do Nordeste. Chegara, anteriormente, no máximo às quartas de final. Hoje, no entanto, pode ser campeão. Uma inédita conquista que levaria o tricolor a um outro patamar. Ao de maior da região na temporada. Como diz seu próprio hino. Com a adição de o colocar, também pela primeira vez, numa competição internacional oficial.Algo que o torcedor tricolor sempre sonhou. Especialmente por ser o único grande da capital pernambucana a ficar restrito às disputas nacionais.Para isso basta um empate diante do surpreendente Campinense. Um time com orçamento modesto, com futebol simples, mas difícil de ser batido. Principalmente quando joga em casa, em Campina Grande. Onde só conheceu uma derrota no ano, justamente para o time reserva do Salgueiro. Mesmo assim, eliminando o Carcará.Por isso o Santa precisa toda atenção e força, crescendo na hora certa. Como fez nos últimos quatro títulos estaduais, na conquista da Série C em 2013 e em todos os recentes acessos.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias