Coluna Planeta Bola

Guerra e paz: é dia de clássico

Duelo entre Sport e Santa Cruz mexe com seus torcedores, levando o vencedor ao céu. E o perdedor ao inferno

Carlyle Paes Barreto
Carlyle Paes Barreto
Publicado em 07/03/2020 às 8:10
Notícia
JC IMAGEM
Ilha do Retiro recebe o primeiro Clássico das Multidões da temporada - JC IMAGEM
Leitura:

Por Carlyle Paes Barreto, da Coluna Planeta Bola

Dia de clássico é diferente. Mexe com todo mundo. Seja ele numa final de campeonato ou mesmo numa fase classificatória, como o desta tarde, entre Sport e Santa Cruz, pela Copa do Nordeste. É como se fosse disputa de título. No mínimo, valendo uma semana de paz para o vendedor. E de guerra para quem perder.

Rubro-negros e tricolores já sentiram isso nesta temporada. O Leão saiu como vitorioso, no empate que abriu o Estadual, diante do Náutico. alívio geral. Depois viveu o outro lado da moeda, ao perder para o arquirrival. Foi ao inferno. Bem diferente do sentimento coral, quem vem de triunfo sobre o Timbu, semana passada. Ganhou o céu.

Especialmente quando o duelo é decisivo. Como o de hoje, na Ilha do Retiro. Com ambos brigando pela classificação no Nordestão. Agora, prioridade antes do início do Campeonato Brasileiro. O Leão tentando se manter no G-4. O tricolor, brigando para entrar no pelotão.

Ambos sabendo, no entanto, que o confronto vai além dos três pontos. Ou de posições na tabela.

Leia mais textos da Coluna Planeta Bola no www.jc.com.br/planeta-bola

Comentários

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias