Planeta Bola

Medo de perder é responsável por nova derrota do Sport no Brasileirão

Quando tentou jogar, Leão conseguiu marcar gols. Mas derrota veio por excessivo recuo na maior parte do duelo com o Santos

Carlyle Paes Barreto
Carlyle Paes Barreto
Publicado em 28/11/2020 às 19:30
Notícia

Gustavo Amorim/Divulgação
Santos x Sport - FOTO: Gustavo Amorim/Divulgação
Leitura:

Por Carlyle Paes Barreto, da Coluna Planeta Bola

O Sport pode reclamar do VAR, da determinação equivocada da comissão de arbitragem ao ir de encontro à regra da bola na mão, mas não pode seguir fazendo vistas grossas à queda drástica de produção de um time com medo de jogar. A derrota para o Santos, construída em apenas 10 minutos, é reflexo de um grupo desorientado.

Um time que não cria porque só pensa em correr atrás dos adversários. Dentro ou fora de casa. Que muda formação quando o receio de derrotas aumenta. Sempre se fechando mais. Como se isso resolvesse.

O duelo de ontem pe mais um exemplo. Entrou fechadinho, tomou dois gols. Reagiu, empatou. Voltou do intervalo recuado, levou mais dois.

Ser um dos piores ataque do Campeonato Brasileiro já seria sinalização do maior problema em campo. Algo que Jair Ventura não entendeu ainda. Nem seus auxiliares.

Quando entra em campo com três zagueiros e dois volantes já mostra o temor. E com todos apenas tentando se fechar. Não percebendo que isso apenas atrai mais os adversários. Potencializando até os problemas técnicos. Desta vez foi com Adryelson, pivô dos três primeiros gols. Mas vários outros mostraram suas limitações. O que vem sendo fundamental para a queda de produção. E, consequentemente, a entrada prevista e perigosa na zona de rebaixamento.

Mais textos da Coluna Planeta Bola no www.jc.com.br/planeta-bola

 

Comentários

Últimas notícias