Planeta Bola

Sport beirando o limite. Jair Ventura também

Excesso de retranca e a falta de padrão de jogo seguram o Leão na parte de baixo da tabela, sob forte risco de entrar no Z-4

Carlyle Paes Barreto
Carlyle Paes Barreto
Publicado em 07/12/2020 às 12:40
Notícia

ADRIANA SPACA / ESTADÃO CONTEÚDO
Luciano marcou o gol do São Paulo contra o Sport no Morumbi - FOTO: ADRIANA SPACA / ESTADÃO CONTEÚDO
Leitura:

Por Carlyle Paes Barreto, da Coluna Planeta Bola

A derrota para o São Paulo era até esperada. A retranca exagerada de Jair Ventura também, ao escalar três zagueiros e três volantes, ficando mais uma vez sem reação e atraindo o adversário para seu campo. O que não é normal são quatro derrotas seguidas, sem encontrar uma forma de recuperação na luta contra a zona de rebaixamento. Por isso a partida contra o Coritiba, domingo, aparece como decisiva. Mais que as últimas. Podendo definir a entrada do Sport no Z-4 ou até mesmo uma nova mudança no comando técnico.

Mesmo com a limitação do time, fruto de má montagem e da falta de reforço, o treinador tem seu peso por não encontrar uma solução pela queda acentuada. E de não implementar um padrão de jogo.

Aliás, até tem. Retranca fora de casa e esboço de time competitivo quando atua na Ilha do Retiro. Muito pouco para tentar escapar da degola.

Diante do Coxa, uma das piores equipes da Série A, a de pior ataque, não dá para ficar restrito aos contra-ataques (que nem estão ocorrendo). É preciso preparar a equipe para jogar. Há tempo para isso. Talvez não haja confiança. E capacidade.

Mais textos da Coluna Planeta Bola no www.jc.com.br/planeta-bola

 

Comentários

Últimas notícias