Planeta Bola

Náutico volta a falhar na defesa, mas consegue reação

Recomposição defensiva lenta abre espaço para contra-ataques do Botafogo-SP, algo que vem se repetindo

Carlyle Paes Barreto
Carlyle Paes Barreto
Publicado em 13/12/2020 às 20:20
Notícia
JOSÉ BAZZ0 / AGÊNCIA BOTAFOGO
Náutico e Botafogo-SP se enfrentaram neste domingo (13) pela Série B - FOTO: JOSÉ BAZZ0 / AGÊNCIA BOTAFOGO
Leitura:

Por Carlyle Paes Barreto, da Coluna Planeta Bola

Para quem perdia um confronto direto até os 33 minutos do segundo tempo, arrancar empate fora de casa pode ser comemorado. Mas o 1x1 com o Botafogo-SP mostrou velhos erros que tiraram pontos preciosos do Náutico na Série B do Campeonato Brasileiro. E que o segura na zona de rebaixamento.

Apesar de ter tido mais posse de bola e de ter finalizado mais que os donos da casa, o Náutico votou a deixar espaços para contra-ataques. Como em jogos anteriores. Em um deles, saiu o gol dos paulistas. E quase saíram outros.

Outro defeito foi ter se desarrumado após ter sofrido o gol, no final do primeiro tempo.

Somente depois dos 25 minutos da segunda etapa, com as saídas de Jean Carlos (jogou mal) e Vinícius, o alvirrubro voltou a crescer. Com Ruy iniciando as jogadas, Erick e Dadá abertos e criando mais, a reação veio. Até o gol salvador de Paiva. Quando já jogava com apenas um volante, todo no ataque.

Mas para sair da zona de rebaixamento, precisa sanar esses defeitos. E tentar emendar uma sequência de vitórias. Só assim para não esticar mais esse sufoco.

Mais textos da Coluna Planeta Bola no www.jc.com.br/planeta-bola

 

Comentários

Últimas notícias