Universitária desenvolve ações criativas para combater violência na Zona Norte do Recife

Publicado em 03/02/2017 às 9:13
Estudante da UFPE criou projeto de combate à violência no bairro das Graças. Foto: Divulgação
FOTO: Estudante da UFPE criou projeto de combate à violência no bairro das Graças. Foto: Divulgação
Leitura:
Estudante da UFPE criou projeto de combate à violência no bairro das Graças. Foto: Divulgação Estudante da UFPE criou projeto de combate à violência no bairro das Graças. Foto: Divulgação Diante de tantos relatos de violência e de poucas ações do poder público para garantir mais segurança para os cidadãos, a universitária Ana Lins não cruzou os braços. Parou, pensou e chegou a uma conclusão básica: cada um precisa fazer a sua parte. E, assim, criou o projeto "Se Essa Rua Fosse Minha", com o objetivo de atrair a cultura de paz e unir a sociedade no combate à violência no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife. Ana Lins, que é estudante de Arquitetura da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), decidiu mobilizar vizinhos e amigos para melhorar a situação da própria rua. “O objetivo é resgatar o sentimento de vizinhança entre os moradores. Queremos reforçar a ideia de que cidadãos, unidos, podem transformar essa realidade sem esperar somente do poder público”, conta Ana. Programação da campanha “Se Essa Rua Fosse Minha” vai usar a arte como ferramenta de educação e de combate à insegurança. Durante a manhã deste sábado (04), a partir das 7h, haverá oficinas de circo, jardinagem e marcenaria sustentável. A rua também será transformada, com pinturas dos artistas Davi dos Santos e Júnior Mendes, além de decorações nas árvores e calçadas. “A cidade reflete a forma como estamos vivendo em sociedade. Queremos incentivar a apropriação do espaço público para que arte e cultura possam aproximar pessoas, humanizando e resgatando a identidade da rua”, completa Maria Carolina Arruda, uma das organizadoras do evento. O movimento se inicia na Rua Abelardo, nas Graças, mas a ideia é que ele se propague em outras ruas do Recife. Leia Mais SDS vai divulgar "mapa" da violência doméstica e de estupros em Pernambuco

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias