COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Coronavírus: "Vamos colocar drones nas ruas para monitorar deslocamento das pessoas", diz especialista

Diretor do Lika, professor José Luiz de Lima Filho diz que laboratório usará plataformas de vigilância, como satélites e drones, no enfrentamento ao novo coronavírus

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 29/03/2020 às 16:05
JC IMAGEM
"Também utilizaremos a telemedicina para orientar as pessoas que estão em isolamento domiciliar", diz o diretor do Lika, o professor José Luiz de Lima Filho - FOTO: JC IMAGEM
Leitura:

Sempre à frente de projetos importantes na área da Saúde Pública, o Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (Lika) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) abraça a luta contra o novo coronavírus e passa a dar suporte ao monitoramento de medidas restritivas, à vigilância e à testagem de possíveis casos de covid-19. O laboratório também desenvolverá estudos epidemiológicos, além de apostar em plataformas de vigilância bioepidemiológica hiperespectral, como satélites e drones, e em atividades de telemedicina para monitoramento de pessoas que possam ter sido infectadas.

A instituição também inicia, na próxima semana, atividades para o auxílio nos exames moleculares capazes de detectam o novo coronavírus, com uso de um sistema robótico. O diretor do Lika, o professor José Luiz de Lima Filho, diz que o trabalho será feito em parceria com o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE) e o laboratório privado Genomika. "O uso dos robôs garante segurança e rapidez", diz José Luiz.

O diretor do Lika acrescenta que já foram adquiridos cerca de 1,8 mil kits para diagnóstico da doença, com o Ministério Público Federal do Trabalho e doações que o laboratório já recebeu. O Instituto JCPM, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, é um dos grupos que estão formalizando apoio financeiro ao projeto do Lika sobre covid-19. “Nesta semana, devemos receber cerca de 200 kits para diagnóstico e esperamos uma nova data para os próximos, pois o mundo todo passa por limitação de testes”, informa José Luiz.

Precisamos aumentar a quantidade de exames disponíveis em Pernambuco porque, se sabemos quem são as pessoas infectadas, podemos recomendar o isolamento e, dessa maneira, reduzir a carga viral em circulação
José Luiz de Lima Filho

Ele frisa que a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (Fade-UFPE) está com chamadas públicas abertas para doações de recursos financeiros para projetos do Lika. As iniciativas envolvem estudos que podem contribuir no combate ao novo coronavírus. O edital pode ser conferido neste link: bit.ly/2WOlfKk.

Citação

Precisamos aumentar a quantidade de exames disponíveis em Pernambuco porque, se sabemos quem são as pessoas infectadas, podemos recomendar o isolamento e, dessa maneira, reduzir a carga viral em circulação

José Luiz de Lima Filho

Comentários

Últimas notícias