COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Pesquisadora da zika congênita, Celina Turchi é homenageada pela Turma da Mônica

Pesquisadora da Fiocruz Pernambuco, Celina foi responsável por coordenar uma força-tarefa que deu respostas a inquietações de cientistas de todo o mundo sobre o elo entre zika e microcefalia

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 23/06/2020 às 13:13
Notícia
Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Celina Turchi ajudou a apresentar ao mundo evidências que demonstrou o vínculo entre o zika vírus e a microcefalia - FOTO: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Leitura:

A Turma da Mônica homenageia a cientista da Fiocruz Pernambuco Celina Turchi, considerada uma das mais influentes do mundo, responsável por coordenar os estudos sobre a ligação entre a infecção pelo zika vírus e casos de microcefalia. Em 2016, Celina foi eleita como uma das dez cientistas mais importantes daquele ano pela revista científica Nature. Pelo seu protagonismo científico, Celina foi escolhida para ser a nova homenageada da Mauricio de Sousa Produções no projeto Donas da Rua da História. A pesquisadora foi representada na ilustração pela personagem Denise. 

Leia também: Dengue pode agravar danos causados pelo zika vírus, diz médica epidemiologista

A criadora do projeto e diretora executiva da Mauricio de Sousa Produções, Mônica Sousa, explica o objetivo do projeto: “No Donas da Rua da História, o objetivo central é mostrar a história de mulheres como Celina Turchi, a fim de trabalhar a representatividade feminina independentemente da sua área de atuação. Trazemos visibilidade a pesquisadoras, artistas e atletas para despertar o interesse sobre esses temas em meninas e mulheres”, pontuou.

TURMA DA MÔNICA/DIVULGAÇÃO
Celina foi escolhida para ser a nova homenageada da Mauricio de Sousa Produções no projeto Donas da Rua da História, representada na ilustração pela personagem Denise - TURMA DA MÔNICA/DIVULGAÇÃO

Celina agora integra uma lista composta por mulheres como as pintoras Tarsila do Amaral e Frida Kahlo, a cantora Clementina de Jesus, a escritora Raquel de Queiroz e a matemática Katherine Johnson, entre outras.

"Zika não é um assunto encerrado"

A frase acima foi dita por Celina Turchi, ao conduzir uma fala emocionante em maio de 2018, durante o Pint of Science, evento que levou ciência para discussão em mesa de bar

Ao expor sua experiência como ‘maestrina de uma orquestra’ que deu respostas a dúvidas sobre a explosão de nascimentos de bebês com microcefalia, Celina reforçou que as descobertas são fruto do “sucesso coletivo”. Para a pesquisadora, a construção de uma resposta a novas inquietações (como ocorreu em relação à mudança de padrão da microcefalia) nasce da curiosidade humana e da tentativa conjunta de elucidar um problema.

Com esse raciocínio, ela nos fez refletir sobre a valia da humildade na ciência, algo que não falta à pesquisadora, sempre aplaudida pelos seus pares e pela sociedade. 

TURMA DA MÔNICA/DIVULGAÇÃO
Celina foi escolhida para ser a nova homenageada da Mauricio de Sousa Produções no projeto Donas da Rua da História, representada na ilustração pela personagem Denise - FOTO:TURMA DA MÔNICA/DIVULGAÇÃO

Comentários

Últimas notícias