SAÚDE

Pernambuco registra mais 99 casos e 12 óbitos pela covid-19 nesta segunda (26)

Dado de mortes quebrou tendência positiva de queda ou estabilidade que era apresentada no número de óbitos há 21 dias

Katarina Moraes
Cadastrado por
Katarina Moraes
Publicado em 26/10/2020 às 12:38 | Atualizado em 26/10/2020 às 12:41
RODRIGO BUENDIA/AFP
No dia 29 de dezembro de 2020, foi divulgado o código genético do novo coronavírus na China - FOTO: RODRIGO BUENDIA/AFP
Leitura:

A Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco (SES-PE) confirmou, nesta segunda-feira (26), mais 99 casos do novo coronavírus, índice que manteve a tendência de queda ou de estabilidade no número de infectados que acontece há 51 dias. No entanto, também foram registrados 12 óbitos pela covid-19 no Estado, quebrando a sequência positiva que era apresentada nas mortes há 21 dias. A alta foi de 21% na média móvel de mortes, mas, apesar do alto percentual, é importante pontuar que o aumento foi de 9 para 11 vítimas fatais.

A média móvel é considerada o índice ideal para medir o avanço da pandemia em um local. Ela contabiliza a média dos últimos sete dias (contando com hoje) e compara com 14 dias atrás. Variações acima de 15%, seja para mais ou menos, indicam tendência de alta ou queda respectivamente. Já abaixo disso, indica estabilidade.

Dos casos confirmados nesta segunda, 22 (22,2%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 77 (77,8%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 159.476 casos confirmados da doença, sendo 26.920 graves e 132.556 leves.

O Estado segue, há 51 dias, em queda ou em estabilidade no número de infectados, em maior sequência positiva desde o início da pandemia. Assim, a última vez que o dado esteve em alta foi no dia 5 de setembro, quando a média móvel registrou 26% de aumento.

Do total de mortes do informe, quatro ocorreram nos últimos três dias, sendo duas no dia 25 e duas em 24 de outubro. Os outros oito registros ocorreram entre os dias 05 de maio e 22 de outubro. Com isso, o Estado totaliza 8.564 mortes pela Covid-19. 

Comentários

Últimas notícias