COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Ministério da Saúde lança campanha contra covid 15 meses após 1º caso e mais de 425 mil mortes acumuladas

Além da mobilização, o governo federal apresentou a Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, liderada pela infectologista Luana Araújo

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 12/05/2021 às 16:01
Notícia
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou da cerimônia de lançamento da Campanha de Conscientização sobre Medidas Preventivas e Vacinação contra a Covid-19 - FOTO: MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

*Com informações da Agência Brasil 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, lançou, nesta quarta-feira (12), a Campanha de Conscientização sobre Medidas Preventivas e Vacinação contra a Covid-19, em Brasília. A ideia foi trazer, além do Zé Gotinha, ícone do Programa Nacional de Imunização (PNI), toda a sua família, como reforço na luta contra o vírus. Com criação da agência nova/sb, a campanha O cuidado é de cada um. O benefício é para todos traz o Zé Gotinha, seus pais (Dona Gotinha e Seu Gotinha), sua esposa, Maria Gotinha, e o filho Gotinha Jr. A ação foi lançada 15 meses após o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil, que infelizmente já acumula 425.540 mortes pela doença. 

Também foi apresentada a Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19. A nova secretária é médica infectologista Luana Araújo. “O governo tem o objetivo de reforçar cada vez mais a campanha e alertar sobre medidas não farmacológicas, como uso de máscaras”, disse o ministro durante o lançamento da campanha em Brasília.

Segundo ele, a ideia é dar qualidade à comunicação com a sociedade, tendo por base “mensagens calcadas em evidências científicas”. Para tanto, a estratégia é a de atuar de forma conjunta com outras pastas, de forma a buscar “mais eficiência na luta contra essa emergência sanitária que afeta o Brasil e o mundo”.

Também presente na cerimônia, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu o uso de máscaras também por crianças. Segundo ela, para lidar com a pandemia “é todo mundo cuidando de todo mundo”, argumento que foi corroborado pelo ministro da Cidadania, João Roma. “O enfrentamento da pandemia é de todos. Sem dúvida nenhuma vamos vencer esse momento de dificuldade”, acrescentou Roma.

Comentários

Últimas notícias