COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Domingo tem 179 novas confirmações da covid-19 em Pernambuco e mais 9 mortes

Desde o início da pandemia, Pernambuco soma 603.713 casos confirmados da doença e 19.296 mortes

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 22/08/2021 às 18:13
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Entre as confirmações de covid-19 em Pernambuco, 53.044 foram graves e 550.669 leves - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Pernambuco confirma, neste domingo (22), 179 casos da covid-19. Entre eles, 19 (11%) são casos de síndrome respiratória aguda grave (srag) e 160 (89%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 603.713 casos confirmados da doença: 53.044 graves e 550.669 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Os dados foram atualizados, na noite deste domingo, pela Secretaria Estadual de Saúde. Além disso, o boletim registra um total de 534.564 pacientes recuperados da infecção. Destes, 31.450 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 503.114 tiveram sintomas leves. 

Também foram confirmados laboratorialmente 9 novos óbitos (7 femininos e 2 masculinos), que ocorreram entre os dias 9 de março e 21 de agosto deste ano. As novas mortes são de pessoas que moravam nos municípios Bom Conselho (1), Gravatá (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Paulista (1) e Recife (4). Com isso, o Estado totaliza 19.296 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 27 e 91 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 40 a 49 (1), 60 a 69 (1), 70 a 79 (4), 80 ou mais (2). Do total, 6 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (4), câncer (1), diabetes (1), doença respiratória (1), imunossupressão (1). Um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Vacinação 

Pernambuco já aplicou 7.349.723 doses de vacinas contra a covid-19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado. Desse total, 2.240.482 pernambucanos completaram seus esquemas vacinais, sendo 2.067.770 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 172.712 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Com relação apenas às primeiras doses, foram 5.109.241 aplicações. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 324.650 trabalhadores de saúde; 26.147 povos indígenas aldeados; 45.540 em comunidades quilombolas; 7.700 idosos em Instituições de Longa Permanência; 683.153 idosos de 60 a 69 anos; 611.773 idosos de 70 e mais; 2.463 pessoas com deficiência institucionalizadas; 427.485 pessoas com comorbidades; 35.599 pessoas com deficiência permanente; 74.372 gestantes e puérperas; 419.231 trabalhadores de serviços essenciais; 1.935 pessoas em situação de rua; 30.946 pessoas privadas de liberdade, 1.530 adolescentes de 12 a 17 anos de idade, além de 2.416.717 pessoas de 18 a 59 anos.

Sobre as segundas doses, já foram beneficiados 272.470 trabalhadores de saúde; 25.974 povos indígenas aldeados; 42.791 em comunidades quilombolas; 5.943 idosos institucionalizados; 570.430 idosos de 60 a 69 anos; 525.766 idosos de 70 e mais; 1.191 pessoas com deficiência institucionalizadas; 199.420 pessoas com comorbidades; 11.529 pessoas com deficiência permanente; 15.589 gestantes e puérperas; 128.424 trabalhadores de serviços essenciais; 666 pessoas em situação de rua; 28.463 pessoas privadas de liberdade; além de 239.114 pessoas de 18 a 59 anos, totalizando 2.067.770 pernambucanos.

Em relação à dose única, foram beneficiadas 2.224 idosos de 60 a 69 anos; 567 idosos de 70 anos e mais; 2.502 pessoas com comorbidades; 373 pessoas com deficiência permanente; 12.282 trabalhadores de serviços essenciais; 1.016 pessoas em situação de rua, além de 153.748 pessoas de 18 a 59 anos, totalizando 172.712 doses únicas.

Comentários

Últimas notícias