COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Covid-19: diferentemente do Ministério da Saúde, Pernambuco reduz de 10 para 7 dias o isolamento para pacientes sem sintoma

"Pernambuco está sendo mais conservador nas medidas de isolamento de pessoas com diagnóstico confirmado de covid-19", diz secretária-executiva de Vigilância em Saúde

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 18/01/2022 às 20:35
RICHARDSON MARTINS/SESAU
Secretaria Estadual de Saúde diz que medidas de isolamento (para casos confirmados da doença) podem variar e devem ser cumpridas conforme o quadro clínico apresentado pelo paciente - FOTO: RICHARDSON MARTINS/SESAU
Leitura:

A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES) publicou, nesta terça-feira (11), uma atualização sobre ações de vigilância epidemiológica e laboratorial do coronavírus. O registro foi feito em nota técnica, que valida as medidas de isolamento para pessoas com covid-19. O documento ressalta que, para casos confirmados da doença, há variações que devem ser cumpridas de acordo com as condições clínicas apresentadas por cada paciente. Pessoas com sintomas, leves ou moderados, devem ficar em isolamento por 10 dias. É possível ser liberado após o décimo dia da data do início dos sintomas, desde que permaneça mais de 24 horas sem sintomas respiratórios, sem febre e sem uso de medicamentos antitérmicos.

Já pessoas assintomáticas devem permanecer em isolamento por um período de 7 dias (e não mais 10 dias), a ser iniciado a partir da data da coleta da amostra, podendo ser liberado após o 7º dia da data da coleta do exame, desde que permaneça sem sintomas respiratórios, sem febre e sem uso de medicamentos antitérmicos.

Diferentemente da recomendação do Ministério da Saúde, a nota técnica do Estado não orienta que o isolamento possa ser suspenso no 5º dia completo do início dos sintomas desde que permaneça afebril, sem o uso de medicamentos antitérmicos há pelo menos 24 horas e mediante a realização de testagem com resultado não detectado para RT-PCR ou não reagente para teste rápido de antígeno.

"Podemos dizer que Pernambuco está sendo mais conservador nas medidas de isolamento de pessoas com diagnóstico confirmado para covid-19, já que estamos recomendando maiores cuidados no período de transmissibilidade da doença. Nosso maior objetivo é reduzir a disseminação da covid-19 a partir do isolamento e identificação de indivíduos expostos a um caso confirmado", explica a secretária-executiva de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Patrícia Ismael. Ela acrescenta que a meta é agir com segurança para evitar uma maior propagação do coronavírus. "Por isso, não recomendamos que, mesmo sem sintomas, as pessoas realizem uma testagem no 5º dia para interromper o isolamento, mediante um resultado negativo. Orientamos que pessoas que apresentaram sintomas cumpram os dez dias completos de quarentena, sem a necessidade de realização de novo teste. Aqueles que não apresentaram sintomas, orientamos que se cumpra os sete dias de isolamento, também sem a necessidade de testar antes desse período para sair da quarentena."

A nova nota, composta por oito pontos, traz ainda informações sobre as pessoas elegíveis para testagem, exames laboratoriais, rastreamento, isolamento e monitoramento dos contatos, além de orientações sobre a síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica. 

Comentários

Últimas notícias